Eldorado do Sul, Guaíba e Região Carbonífera, 26 de Setembro de 2020. Página Inicial | Contato
SEÇÕES
Artigo
Educação
Eldorado do Sul
Especial
Geral
Guaíba
Produtos e Serviços
Região Carbonífera
Saúde
Flagrante na Foto
Anunciantes
LINKS
Portal Eldorado
Lantec
Envie sua Mensagem

Você é o visitante n°
31551284


Edicão n° 206 de Agosto 2020


SAúDE

Secretaria da Saúde e UFRGS firmam novo convênio para a realização de diagnóstico da Covid-19


A Secretaria da Saúde (SES) assinou novo convênio com a Universidade Federal do Rio
Grande do Sul (UFRGS) para a realização de 30 mil exames RT-PCR, de biologia
molecular, para o diagnóstico da Covid-19. Atualmente, a capacidade da universidade é
de até 500 testes por dia. O acordo prevê, ainda, o valor R$ 3,6 milhões em recursos
para a aquisição de insumos.

Desde abril, a instituição é parceira da SES na realização destes testes, que são feitos
também pelo Laboratório Central do Estado (Lacen), e outras universidades gaúchas.

O convênio teve apoio do Conselho das Secretarias Municipais de Saúde do Rio Grande
do Sul (Cosems/RS). Para o vice-presidente do Cosems, Maicon Lemos, os novos testes
rodados na UFRGS garantirão a agilização no tempo de resposta dos testes nas pessoas
que mais precisam, ou seja, quem está em situação mais grave da doença.

Em reunião na tarde da quarta-feira (16/9), entre a diretoria da SES e do Cosems,
também foi anunciado o início da terceira etapa do projeto Testar RS. A partir da
próxima semana devem entrar em funcionamento as centrais regionais de triagem dos
exames RT-PCR que são enviadas para fora do Estado para serem analisados.

As centrais serão instalados em Santa Maria, Caxias do Sul, Santa Cruz do Sul, Passo
Fundo, Pelotas e Erechim. São enviados para laboratórios do Rio de Janeiro ou São Paulo
os exames de pacientes com sintomas mais leves da Covid-19 que tenham menos
urgência de retorno.

Outros assuntos tratados com o Cosems, na ocasião, incluíram a regionalização dos
serviços de saúde para pacientes oncológicos, para diminuir a necessidade de
deslocamentos para o tratamento de câncer, e, ainda, um projeto da SES com a
Secretaria da Fazenda para otimizar os recursos dos bloqueios judiciais de
medicamentos. ...

Inteligência Artificial e Big Data cada vez mais presentes no exercício da Medicina


As novas tecnologias são capazes de trazer ao exercício da Medicina os mais diversos
benefícios e é preciso aproximar, cada vez mais, médicos e profissionais da saúde destas
técnicas. A reflexão foi um dos destaques da palestra "Inteligência Artificial e Big Data -
Qual a relação com o profissional médico?", apresentada pelo médico psiquiatra da
Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Ives Cavalcante Passos.

"Quando falamos do Big Data na Medicina não estamos falando somente sobre analisar
dados, mas também em que velocidade essa análise é feita e como nós interpretamos
eles. Vivemos um universo onde a Big Data e o digital se tornam mais importantes",
afirmou.

Segundo Cavalcante, para aproximar estas ferramentas do exercício médico, é
fundamental dividirmos a categoria em dois tipos: os dados estruturados e os não-
estruturados.

"Essa diferenciação do Big Data é importante. No caso da Medicina, dados estruturados
são aqueles que colocamos em planilhas de Excel, como informações demográficas,
clínicas, exames laboratoriais. Por outro lado, os dados não estruturados são dados de
filme, foto, áudio, vídeo, que não têm relação entre si", salientou.

O professor, que trabalha com psiquiatria e prevenção ao suicídio, citou como exemplo
um estudo em que participou, feito com algoritmos, análise de dados e informações
dadas por pacientes, que projetou uma predição de comportamento suicida na
população geral no Brasil, levando em considerações diversas variáveis.

O evento foi realizado de forma online na tarde deste sábado (15/08), através da
plataforma Sympla Streaming. A iniciativa foi do Departamento Universitário da
Associação Médica do Rio Grande do Sul (AMRIGS).

Fonte; PlayPress ...

Evento online do Hospital Moinhos discute uso da imunoterapia contra o câncer de mama


A imunoterapia é uma técnica que vem sendo cada vez mais estudada para o tratamento
de diversos tipos de câncer. Com esse método, o próprio organismo é estimulado a
combater as células cancerosas. A sua aplicação contra os tumores de mama será discutida
em evento online promovido pelo Hospital Moinhos de Vento, nesta terça-feira (18), às 19h.

O encontro faz parte do Ciclo de Palestras do Centro de Pesquisa Clínica da instituição,
trazendo especialistas para debater os avanços recentes na pesquisa clínica em Oncologia.
Nesta edição, participará o oncologista Pedro Exman, da CPO-Oncoclínicas e Instituto do
Câncer do Estado de São Paulo, e clinical fellow no Dana-Farber Cancer Institute, da
Harvard Medical School.

Na programação, serão apresentados casos concretos. Participam ainda da atividade as
oncologistas Alessandra Morelle e Daniela Rosa, do Hospital Moinhos de Vento. A
coordenação é de Pedro Isaacsson, coordenador médico de pesquisa em Oncologia da
instituição. As inscrições podem ser feitas pelo site ...

Porto Alegre recebe doação de mais 20 ventiladores pulmonares


A Prefeitura de Porto Alegre recebeu mais 20 ventiladores pulmonares, nesta segunda-feira,
3, doados pela Fundação Banco Itaú. Eles serão utilizados no tratamento de pacientes
infectados pelo coronavírus e com insuficiência respiratória, que desenvolvem quadros
graves da doença e precisam de hospitalização.

Também foram doados 20 monitores multiparamétricos, para verificação de sinais vitais
dos pacientes em unidades de terapia intensiva (UTIs). Os equipamentos foram entregues
na Santa Casa de Misericórdia e serão usados na rede de saúde da Capital.

Desde o início da pandemia, o governo federal destinou 105 ventiladores pulmonares à rede
pública municipal. Com os itens recebidos nesta segunda-feira, o quantitativo chega a 125.
...

Semana Mundial de Aleitamento Materno terá programação on-line em agosto


Para marcar a Semana Mundial de Aleitamento Materno 2020 (1 a 7 de agosto) e o
Agosto Dourado, a Secretaria da Saúde (SES) promoverá o 12º Seminário Estadual da
Semana Mundial de Amamentação, o 7º Seminário Estadual da Estratégia Amamenta e
Alimenta Brasil e outros eventos alusivos ao tema.

Em tempos de pandemia, a programação será inteiramente on-line, além de gratuita e
aberta a toda população, sem necessidade de inscrição prévia. Em paralelo, o Centro
Administrativo Fernando Ferrari (Caff), no centro de Porto Alegre, receberá iluminação
dourada durante as noites de 1 a 7 de agosto, a fim de chamar atenção para a
amamentação.

Neste ano, o tema da Semana Mundial de Aleitamento Materno será “Apoie a
amamentação por um planeta saudável”, trazendo a amamentação para o contexto da
sustentabilidade. De acordo com a técnica da Política Estadual de Atenção Integral à
Saúde da Criança da SES, Kátia Rospide, a amamentação, além de todos os benefícios
já conhecidos para a mulher e para o bebê, também diminui o impacto ambiental
causado pela alimentação com substitutos do leite materno.

“Fórmulas lácteas deixam vestígios ambientais devido aos métodos de produção,
embalagem, distribuição e preparação. Por outro lado, a amamentação utiliza menos
recursos naturais e quase não há desperdício”, defende Kátia.

Agosto Dourado

O mês recebeu este nome em homenagem ao aleitamento materno por ser considerado
o alimento “padrão ouro”: tem todos os nutrientes e transfere toda a imunidade de que
o bebê precisa. O leite materno deve ser o único alimento dos bebês até completarem
seis meses de vida e é recomendado até os dois anos de idade. Entre os benefícios da
amamentação, Kátia ressalta a proteção para a criança de doenças como diarreia,
infecções respiratórias e alergias, além da redução do risco de desenvolvimento de
hipertensão, colesterol alto, diabetes, sobrepeso e obesidade na vida adulta.

Amamentação na pandemia

Kátia Rospide alerta que não há qualquer contraindicação da amamentação durante a
pandemia da Covid-19, mesmo se a mãe tiver confirmação da doença. Neste caso, o
Ministério da Saúde recomenda a higienização das mãos e uso de máscara pela mãe
durante o processo.

...




Edição n° 206 - Agosto 2020

Selecionar Edição
  • Edição n° 206
  • Edição n° 205
  • Edição n° 204







  • Av. Roque J. O. Giacomelli, nº 542, Pq. Eldorado - Eldorado do Sul - Fone (51) 3481 1821