Eldorado do Sul, Guaíba e Região Carbonífera, 07 de Abril de 2020. Página Inicial | Contato
SEÇÕES
Artigo
Educação
Eldorado do Sul
Especial
Geral
Guaíba
Produtos e Serviços
Região Carbonífera
Saúde
Flagrante na Foto
Anunciantes
LINKS
Portal Eldorado
Lantec
Envie sua Mensagem

Você é o visitante n°
31101637


Edicão n° 169 de Julho 2017


SAúDE

Cirurgias plásticas precoces são arriscadas para adolescentes


As mudanças do corpo na fase da adolescência são algo natural, mas nem sempre bem
aceitas pelos jovens. A comparação com outras pessoas, ídolos ou ícones da moda, e a
ansiedade de alcançar o objetivo estético levam à busca por cirurgias precoces. Uma das
formas de auxiliar na compreensão do desenvolvimento corporal desse jovem é
procurando um hebiatra, mais conhecido como médico de adolescentes.

A especialidade é focada nesta fase da vida, que, segundo a Organização Mundial da
Saúde (OMS), vai dos 10 aos 20 anos. A hebiatra do Complexo Hospitalar Edmundo
Vasconcelos, Roberta Machado Bozzetti Cintra, explica que o médico tem o objetivo de
trabalhar essas necessidades.

“A consulta com o hebiatra visa trabalhar a aceitação do corpo, explicar as diversas
alterações que acontecem no período. Dependendo da faixa etária, com outros
profissionais, não serão observadas e nem analisadas essas mudanças de forma
dinâmica”, ressalta a hebiatra.

Para se ter uma ideia, dados recentes do Sistema Nacional de Saúde do Reino Unido
(NHS, na sigla em inglês) apontam que, entre 2015 e 2016, cerca de 200 mulheres com
menos de 18 anos fizeram cirurgia íntima feminina, a labioplastia. Desse total, 150, o
equivalente a 75% tinham menos de 15 anos. No Brasil, esse procedimento cresceu
250% em um ano.

A especialista ainda ressalta que as queixas estéticas são comuns e que nessa fase os
adolescentes buscam sempre por resultados imediatos. Mas alerta para o risco de
processos cirúrgicos. “Como o adolescente ainda não está com o corpo totalmente
desenvolvido, alguns tipos de intervenção são arriscados, sob a pena de não
apresentarem resultados satisfatórios no futuro. Mas cada caso deve ser analisado
individualmente”, explica. “Por exemplo, a correção da orelha em abano, também
chamada de otoplastia, é permitida na adolescência, mas a cirurgia íntima é muito
precoce.”

A hebiatra salienta que esses procedimentos devem ser feitos no fim da adolescência e
início da fase adulta, para que o jovem tenha a certeza da necessidade e decidir com
mais clareza se é viável ou não realizar qualquer tipo de cirurgia plástica.




COMPLEXO HOSPITALAR EDMUNDO VASCONCELOS

Localizado ao lado do Parque do Ibirapuera, em São Paulo, o Complexo Hospitalar
Edmundo Vasconcelos atua em mais de 50 especialidades e conta com cerca de 1.400
médicos. Realiza aproximadamente 12 mil procedimentos cirúrgicos, 13 mil internações,
230 mil consultas ambulatoriais, 145 mil atendimentos de Pronto-Socorro e 1,45 milhão
de exames por ano. Dentre os selos e certificações obtidos pela instituição, destaca-se a
Acreditação Hospitalar Nível 3 - Excelência em Gestão, concedida pela Organização
Nacional de Acreditação (ONA) e o Prêmio Melhores Empresas para Trabalhar no Brasil,
conquistado pelo sexto ano consecutivo em 2016.

...

No Julho Amarelo, conheça os principais sintomas das hepatites virais


Julho Amarelo foi adotado pelo Ministério da Saúde e pelo Comitê Estadual de Hepatites
Virais como o mês de luta e prevenção das hepatites virais. A cor foi escolhida pois é o
tom em que geralmente os olhos dos infectados ficam quando a doença se manifesta, no
fígado. Existem seis tipos de hepatites: A, B, C, D, E e G. Cada uma delas é provocada
por um tipo de vírus e possuem formas diferentes de prevenção e tratamento. O vírus é
eliminado nas fezes de pessoas infectadas e é transmitido através da via fecal-oral,
principalmente através de água contaminada.

De acordo com a OMS, há cerca de 20 milhões de casos de infecção pelo vírus do tipo E,
produzindo 3,3 milhões de casos sintomáticos da doença e 56 mil mortes por ano. A
hepatite E pode ser responsável pela hepatite crônica em pacientes
imunocomprometidos e pode rapidamente evoluir para fibrose e\ou cirrose hepática.
Alguns tipos não apresentam sintomas, mas existem alguns pontos que podem ser
observados.

Discreta febre

Náuseas

Icterícia

Perda de apetite

Vômito

Erupção cutânea

Possíveis dores abdominais e nas articulações

Urina escura

Leve aumento do fígado

Porém, para saber exatamente se possui o vírus, o indivíduo precisa procurar um médico
e solicitar exames para um diagnóstico preciso. Segundo Gustavo Janaudis, CEO da filial
brasileira da EUROIMMUN, o teste para descobrir a existência do vírus é rápido e seguro,
realizado através de uma simples amostra de sangue.

Sobre a EUROIMMUN

A EUROIMMUN AG é líder em diagnóstico laboratorial. Mais de 2.400 funcionários em
todo mundo desenvolvem, produzem e distribuem sistemas de testes diagnósticos,
software e soluções em automação. Os produtos da EUROIMMUN são utilizados no
diagnóstico de doenças autoimunes, infecciosas e alérgicas em mais de 150 países, além
de oferecer análises genéticas. ...

Estado se mobiliza para ampliar vacinação contra HPV


Aumentar a cobertura vacinal contra o papiloma vírus humano (HPV) é o principal
objetivo da mobilização que começa nesta quarta-feira (12), em todo o Rio Grande do
Sul. A meta é imunizar de 600 a 700 mil adolescentes com a vacina que é destinada a
meninas entre 9 a 14 anos e meninos na faixa etária de 11 a 14 anos. A cobertura
vacinal é considerada muito baixa no estado, onde 60% das meninas fizeram a primeira
dose e 40%, a segunda dose. Entre os meninos, a procura foi menor ainda. Apenas 6%
receberam a primeira dose da vacina.

O secretário da Saúde, João Gabbardo dos Reis, informa que a vacina contra o HPV está
disponível em todas as Unidades de Saúde e municípios gaúchos, durante o ano todo.
De acordo com Gabbardo, a vacina assegura a proteção efetiva contra o HPV e, em
consequência, diminui a incidência de câncer entre esta população no futuro. "Nosso
objetivo é assegurar, entre os jovens vacinados hoje, uma menor incidência de câncer
nos próximos 10, 20 e 30 anos", afirma.

Os jovens precisam tomar duas doses da vacina quadrivalente, com um intervalo de seis
meses entre as doses, para ficarem protegidos contra os quatro tipos mais comuns do
vírus. A vacina contra o HPV contribui para redução da incidência do câncer de colo de
útero e vulva nas mulheres e também previne câncer de pênis, ânus, verrugas genitais,
boca e orofaringe.

Mais informações sobre o tema podem ser conferidas no vídeo abaixo, gravado com o
secretário João Gabbardo dos Reis. Em formato de perguntas e respostas, o secretário
esclarece as principais dúvidas de pais e adolescentes sobre o vírus, formas de
transmissão, prevenção e importância da vacina contra o HPV. ...

RS conquista prêmios em mostra nacional de prevenção e controle de doenças


O Departamento de Gestão da Tecnologia de Informação (DGTI) da Secretaria da Saúde
(SES) conquistou o primeiro lugar na área Melhoria da Qualidade de Informação em Saúde,
na Mostra Nacional de Experiências Bem-Sucedidas em Epidemiologia, Prevenção e Controle
de Doenças (15ª Expoepi), encerrada em 30 de junho, em Brasília.

O prêmio foi concedido pela apresentação do painel sobre a plataforma Business
Intelligence (BI), desenvolvida pela SES, utilizada para busca de dados epidemiológicos, os
quais abrangem indicadores como localização, período e população sobre a incidência de
agravos de notificação compulsória e também sobre vacinação. O BI traz informações
importantes para subsidiar a tomada de decisão dos gestores em saúde pública. A
plataforma está disponível para todos os trabalhadores da gestão estadual e dos municípios
no link bi.saude.rs.gov.br. ...

Estado e União atuam em parceria para atender em casa bebês e crianças


Unir esforços e ampliar o atendimento que já é feito no Rio Grande do Sul para crianças
de zero a seis anos e suas famílias. Este foi o tema da reunião, no Palácio Piratini, entre
o ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, a secretária do Desenvolvimento
Social, Trabalho, Justiça e Direitos Humanos, Maria Helena Sartori, e o secretário da
Saúde, João Gabbardo dos Reis.
Ficou decidido que, no Rio Grande do Sul, o Programa Primeira Infância Melhor (PIM) e o
Programa Criança Feliz vão trabalhar em conjunto, com a sigla PIM/Criança Feliz. O
comitê criado para cuidar, ao mesmo tempo, dos dois programas também participou da
reunião.
O PIM, que existe há 14 anos, está em 245 municípios gaúchos, atendendo em média 40
mil famílias por ano, com foco na saúde, na inclusão e no desenvolvimento integral dos
pequenos.
O Criança Feliz, lançado em outubro pelo governo federal, vai se somar a esse trabalho.
Com mais recursos e profissionais, vai ser possível aumentar o número de equipes,
atendimentos em casa e famílias beneficiadas. Oitenta e duas cidades do RS já aderiram
ao programa do MDS. “Nosso objetivo é somar, aproveitar o conhecimento que o Rio
Grande do Sul já tem nessa área”, disse o ministro Osmar Terra.
“Esse cuidado no começo da vida é fundamental e faz toda a diferença para a vida do
bebê e também para as famílias. É um orgulho que nosso estado seja referência nisso”,
destacou Maria Helena Sartori.
O início das visitas domiciliares vai ser anunciado em breve, mas o atendimento
ampliado deve começar ainda em julho. ...

Bairro Pedras Brancas recebe evento Dia da Saúde - Dia de Todos


Moradores do bairro Pedras Brancas contaram com serviços diferenciadas na Unidade
Básica de Saúde da região. Nesta quarta-feira (28), aconteceu a primeira edição
descentralizada do Dia da Saúde - Dia de Todos.

Foram ofertados os serviços de teste rápido de HIV e sífilis, exame citopatológico,
verificação da pressão arterial, orientações sobre tuberculose e diabetes, além de ações
contra o tabagismo.

A iniciativa tem o objetivo de promover a integração entre as equipes da rede de atenção
básica e do serviço de atendimento especializado numa atividade mensal junto à
comunidade.

No local, o prefeito José Sperotto e o secretário de Saúde, Itamar Costa, conversaram e
tiraram dúvidas da população sobre a saúde de Guaíba.

Fonte: ASCOM
Foto: Gustavo Gossen ... ...




Edição n° 169 - Julho 2017

Selecionar Edição
  • Edição n° 202
  • Edição n° 201
  • Edição n° 200







  • Av. Roque J. O. Giacomelli, nº 542, Pq. Eldorado - Eldorado do Sul - Fone (51) 3481 1821