Eldorado do Sul, Guaíba e Região Carbonífera, 22 de Novembro de 2019. Página Inicial | Contato
SEÇÕES
Artigo
Educação
Eldorado do Sul
Especial
Geral
Guaíba
Produtos e Serviços
Região Carbonífera
Saúde
Flagrante na Foto
Anunciantes
LINKS
Portal Eldorado
Lantec
Envie sua Mensagem

Você é o visitante n°
30689699


Edicão n° 197 de Novembro de 2019


ESPECIAL

Prefeitura de Butiá inicia obra de pavimentação da Rua Ramão Peres


Mais uma via será pavimentada em Butiá, levando qualidade de vida, infraestrutura e corrigindo
o ponto mais crítico da Rua Ramão Peres, bairro Cidade Alta. As obras iniciaram na última
semana, com a construção da rede pluvial, que é a primeira etapa necessária para o andamento
dos serviços. Ao todo, a Prefeitura de Butiá está investindo R$ 378.427,43, sendo R$ 13.897,43
dos cofres públicos do município e o restante da emenda parlamenta da deputada federal Maria
do Rosário.

A pavimentação irá contemplar o trecho entre as esquinas da Rua João De Maman e Travessa
João Bratkowski, solucionando o problema de pedestres e motoristas, devido a subida presente
na via. O prefeito Daniel Almeida ressaltou que essa é mais uma demanda atendida da
comunidade. “Temos um grande fluxo de pedestres ali, principalmente, por causa da
proximidade ao Instituto Marechal Rondon. Essa primeira etapa da colocação de asfalto na
Ramão Peres significa muito”, afirmou. ...

César Oliveira & Rogério Melo celebram 20 anos de carreira com novo CD.


O novo álbum da dupla César Oliveira e Rogério Melo está disponível em CD (à venda no site
da Minuano Discos) e nas plataformas digitais. “Na Essência” faz parte das comemorações de
20 anos do dueto.

Este trabalho é o *décimo sexto CD do dueto*, e começou a ser elaborado ainda em 2018, já
com o objetivo de lançá-lo em 2019, em comemoração aos 20 anos, fazendo parte de uma
série de ações que irão ocorrer até o fim de 2019 e começo de 2020.

Conforme César Oliveira, “ este trabalho que começou a ser preparado ainda em 2018, mostra
a essência da dupla e toda a sua influência musical, que forjou de forma orgânica a identidade
cultural de ambos”.

Já Rogério Melo diz que “Na Essência” é um "agradecimento pelo carinho do público ao longo
dessa parceria com o César”.

Ambos cresceram juntos em São Gabriel, estando entre os artistas mais prestigiados no
cenário cultural do sul do país, com presença constante nos grandes eventos do Estado.

Ao
longo de sua trajetória, gravaram *16 CDs e 3 DVDS* e receberam inúmeros prêmios, entre
eles o de “Melhor Dupla Regional” no 25º Prêmio da Música Brasileira, “Melhor Grupo
Nativista”, pelo Diário Gaúcho e também foram finalistas da 14ª Edição do Grammy Latino.

Para celebrar e agradecer esses 20 anos de carreira nasceu o projeto “Na Essência”, que foi
lançado em outubro deste ano e teve turnê que percorreu 04 cidades do Rio Grande do Sul,
Pelotas, Caxias do Sul, Santa Maria e Porto Alegre.

O CD que estará disponível na íntegra nas plataformas digitais a partir de amanhã (sexta-feira
dia 22), tem letras de Anomar Danúbio Vieira, parceiro de longa data e um "irmão de ideal” -
como define César, e a produção musical assinada por Luciano Maia, direção artística de César
Oliveira, criações gráficas de Paulinho Oliveira, com melodias de Rogério Melo, Luciano Maia e
Marcello Caminha.

Durante o lançamento do trabalho no Theatro São Pedro no último 29 de outubro, na Capital,
foram captadas imagens que serão utilizadas futuramente um novo material, um projeto que
da sequência ao trabalho. 

César e Rogério também são conhecidos por ter um público cativo e crescente, distribuído em
todas as faixas etárias e segmentos da sociedade, o que coloca seus discos entre os mais bem
vendidos do Estado e o novo trabalho vem para dar continuidade.

“Na Essência trás ritmos,
temas e costumes da mais pura música do Rio Grande do Sul, levando ao público uma
identidade e definição musical própria, mantendo o compromisso com a tradição, o folclore e a
cultura gaúcha”, afirma Rogério Melo.

E esta é com certeza uma marca registrada no trabalho da dupla, com toda a riqueza e a
importância para a cultura regional rio-grandense.

“Quem é da campanha canta
O que este campo produz,
Seja em rodeio ou bailanta
Pra onde o destino conduz,
Pois na alma e na garganta
Transporta cantos de luz”

O CD é composto de dez faixas: BAGUAL, BAILANTA, O CORAÇÃO DA ESPORA, ORQUESTRA
REGIONAL, ESSÊNCIA, GINETE, SELFE RURAL, RETRATO CRIOULO, PACHOLA, PERFIL.

Confira o clipe da música amanhã no YouTube!

E não esqueça amanhã dia 22/11 o CD estará completo à sua disposição nas principais
plataformas digitais.


Link pre save do álbum César Oliveira e Rogério Melo "Na Essência - 20 anos"

https://ffm.to/aveemqk
...

Carteira de Trabalho em papel deixará de ser emitida no RS a partir de 13 de dezembro


O serviço de encaminhamento de Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) será
encerrado, nas 120 agências FGTAS/Sine e unidades Balcão Cidadão, dia 13 de dezembro,
conforme comunicação oficial recebida da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego
do RS (SRTE-RS). Os trabalhadores que têm agendamentos estão sendo contatados para
anteciparem seus atendimentos.

A partir de 16 de dezembro, os trabalhadores terão acesso somente à versão digital do
documento. Serão encaminhadas carteiras físicas apenas para trabalhadores contratados por
microempreendedores individuais até janeiro de 2020 e órgãos públicos e organizações
internacionais até abril de 2020, conforme prazo de obrigatoriedade do eSocial.

De acordo com a Portaria nº 1.065, de 23 de setembro de 2019, publicada no Diário Oficial da
União do dia 24 de setembro de 2019, pela Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do
Ministério da Economia, a Carteira de Trabalho digital é equivalente à versão física e está
previamente emitida a todos os inscritos no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF), sendo
necessária apenas a habilitação.

O acesso à Carteira de Trabalho digital pode ser feito por meio de computador ou celular com
conexão de internet, no site do governo federal ou baixado, gratuitamente, pelo aplicativo
disponível nas lojas virtuais Play Store e App Store.

Carteira de Trabalho digital será
alimentada com dados do eSocial

No momento da contratação, o trabalhador precisará informar somente o número do CPF. Para
o empregador, as informações prestadas no eSocial substituem as anotações realizadas
anteriormente no documento físico. Dessa forma, antes do início das atividades do
trabalhador, o empregador deverá enviar, ao eSocial, o evento S-2200 (Cadastramento Inicial
do Vínculo e Admissão/Ingresso de Trabalhador).

Caso não tenha todos os dados nesse momento, poderá enviar imediatamente o evento S-
2190 (Admissão Preliminar), com informações simplificadas, e depois complementar os dados
com o evento S-2200, respeitando os prazos previstos no Manual de Orientação do eSocial. O
envio dessas informações ao eSocial terá valor de assinatura de carteira. O trabalhador poderá
ver o contrato de trabalho na Carteira digital 48 horas após o envio da informação.

Eventos como alteração salarial, gozo de férias ou desligamento não serão exibidos na
Carteira de Trabalho digital imediatamente, por dois motivos: o primeiro é que o prazo para
prestação de informação desses eventos no eSocial, pelo empregador é, em regra, até o dia
15 do mês seguinte ao da ocorrência para a maioria dos eventos, e, em até 10 dias, no caso
de desligamento.

O segundo motivo é que há um tempo de processamento entre a recepção da informação no
eSocial e sua disponibilização no sistema da CTPS digital. Há um tratamento da informação,
sua inclusão no Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS), para só então ser
apresentada na CTPS digital. Esse processamento garante que os dados exibidos na CTPS
digital sejam os mesmos que serão utilizados pelo INSS para a concessão de benefícios.

Casos de utilização da Carteira de Trabalho em papel

A CTPS em papel será utilizada, de maneira excepcional, nas seguintes situações:

– Dados já anotados referentes a antigos vínculos.
– Anotações relativas a contratos vigentes na data da publicação da portaria em relação aos
fatos ocorridos até então.
– Dados referentes a vínculos com empregadores ainda não obrigados ao eSocial.

Os trabalhadores que já têm a Carteira de Trabalho em papel deverão conservar o documento
para eventual necessidade de comprovação de tempo de trabalho anterior.

Dúvidas

A emissão da Carteira de Trabalho é regulada pela Lei nº 13.874, de 20 de setembro de 2019.

...

Fiscalização em região arrozeira busca coibir irregularidades nas proximidades do Rio Jacuí


Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam), visando à proteção do Rio Gravataí, vem
intensificando as operações de fiscalização. A intenção é coibir o lançamento de água com
elevada carga de sedimentos das lavouras arrozeiras. Por isso, durante os meses de setembro
e outubro, foram realizadas ações semanais para verificar a situação dos empreendimentos
irrigantes licenciados pelo Estado nos municípios de Viamão, Glorinha e Gravataí.

Analistas técnicos da Divisão de Culturas Agrícolas do Departamento Agrossilvipastoril e da
Divisão de Fiscalização da Fepam agiram em parceria, alertando os empreendedores para a
importância do controle na liberação do esgoto doméstico, a fim de que não sejam
transportados sedimentos para o rio.

No dia 24 de outubro, as equipes realizaram uma ação especial com fiscalização terrestre e
aquática no leito do rio, com embarcação própria da Fepam, e por meio de sobrevôo, com
apoio da Brigada Militar, que disponibilizou um helicóptero para a operação.

Foi constatado que as condições do Rio Gravataí não apresentam problemas, um indicativo de
que o trabalho de orientação tem gerado resultados positivos. Algumas alterações na
coloração da água foram observadas, e a situação está sendo monitorada, porém os níveis de
turbidez medidos com sonda da Divisão de Laboratórios da Fepam apresentaram resultados
razoáveis.

As análises de água realizadas pela Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan), junto
a um dos afluentes, o Passo dos Negros, mostra a situação sob controle no que se refere ao
parâmetro turbidez.

A equipe técnica agronômica da Divisão de Culturas Agrícolas, ciente de que o cultivo de arroz
em lavouras é uma atividade econômica de importância para a região, também tem dedicado
esforços para que os licenciamentos ambientais das atividades irrigantes reflitam uma
produção agrícola com bases sustentáveis em equilíbrio com o ambiente em que estão
inseridas.
...

Acordo reduzirá em cerca de 20% número de CCs em Câmara de Vereadores


A partir de investigações do Ministério Público que detectaram a falta de legislação municipal
para adequar a quantidade de cargos em comissão no quadro de servidores da Câmara de
Vereadores de Rio Grande, foi assinado um Termo de Ajustamento de Conduta junto ao MP
nesta quinta-feira para a redução de aproximadamente 20% dos CCs no legislativo da cidade.
Firmaram o documento a presidente do Parlamento de Rio Grande, Andréa Dutra Westphal, a
consultora jurídica, Izabel Klinger, e o procurador adjunto, Roger Martins da Rosa. O TAC foi
proposto pelo promotor de Justiça José Alexandre Zachia Alan. A expectativa é de economia
de R$ 1 milhão por ano.

O Termo prevê que a Presidência contará com cinco cargos em comissão, compreendidos por
um diretor-geral, um consultor jurídico, um secretário de gabinete, um assessor de imprensa
e um assessor jurídico de plenário. Cada vereador contará com cinco cargos em comissão,
sendo um chefe de gabinete parlamentar e quatro assessores parlamentares. O projeto de lei
para atender a esses índices deverá ser apresentado em sete dias, com efeito a partir de 1º
de janeiro de 2021.

A Câmara de Vereadores deverá implantar sistema de controle de efetividade de todos os seus
servidores, incluindo comissionados e ocupantes de cargos de comissão. Os controles devem
se dar diariamente com a supervisão da Presidência e dos vereadores, seja por meio físico ou
eletrônico. A resolução da mesa diretora para atender a essa cláusula deverá ser apresentada
ao MP em 15 dias, com a implementação do sistema nos 15 dias consecutivos à emissão da
determinação.

Ainda, o Legislativo de Rio Grande deverá dispor, por lei própria, a previsão de reserva de
10% das vagas aos portadores deficientes nos concursos públicos realizados para prover
cargos efetivos, atendendo lei municipal que rege o tema. O projeto de lei deve ser
apresentado em 30 dias.

Para o caso de descumprimento de cada uma das cláusulas do TAC, o Ministério Público
expedirá notificação â Câmara para que a situação seja corrigida no prazo de 48 horas, sob
pena de adoção de medidas para o cumprimento forçado das obrigações. ...

Nova fase da Campanha de Vacinação contra o sarampo começa nesta segunda


Começa nesta segunda-feira (18/11) a segunda fase da Campanha Nacional de
Vacinação contra o sarampo, com público-alvo de adultos de 20 a 29 anos não-
vacinados ou com esquema vacinal incompleto. “Essa faixa etária concentra o maior
número de casos de sarampo no Brasil e é a segunda em maior incidência. Esse índice
se reflete no Rio Grande do Sul”, explica a especialista em saúde do Núcleo de Doenças
Transmissíveis do Centro Estadual de Vigilância em Saúde (Cevs), Juliana Dourado
Patzer.

No Brasil, dos 10.429 casos confirmados de sarampo até o dia 26 de outubro, 1.729
(16,5%) estão dentro da faixa etária da campanha. No Estado, do total de 32 casos
confirmados até 13 de novembro, 10 (31%) tem entre 20 e 29 anos. Juliana lembra que
a campanha não é indiscriminada, ou seja, devem se vacinar com a tríplice viral aqueles
que nunca tomaram nenhuma ou apenas uma dose da vacina ou não têm registro em
caderneta de vacinação.

A estimativa do Ministério da Saúde é que há 747.890 pessoas dessa idade no Rio
Grande do Sul que não receberam nenhuma das doses da vacina contra o sarampo. A
vacinação é a forma mais eficaz de se proteger da doença e evitar complicações como
cegueira e infecções generalizadas que podem levar a óbito. A tríplice viral protege
também contra a caxumba e a rubéola. O calendário básico oferece duas doses, a
primeira aos 12 meses de idade e a segunda aos 15 meses, com a tetraviral, que inclui
proteção contra a varicela (catapora).

A campanha segue até 30 de novembro. A data marca também o Dia D de imunização,
um sábado em que os postos de saúde ficam abertos para realizar a aplicação de doses.
Após essa data, a vacina segue disponível de acordo com o calendário básico.

Primeira fase

A primeira fase da Campanha Nacional de Vacinação contra a doença ocorreu em
outubro, com foco nas crianças acima dos 6 meses e menores de 5 anos. Para os bebês
de 1 ano de idade, a campanha atingiu 100% da cobertura vacinal no Estado.

Casos de sarampo no Estado

De acordo com o último boletim epidemiológico divulgado pelo Cevs, o Rio Grande do
Sul registrou 32 casos confirmados da doença até o dia 13 de novembro. Destes, sete
são novos em relação ao boletim anterior. Os casos são das cidades de Alvorada (1),
Porto Alegre (12), Dois Irmãos (1), Cachoeirinha (10), Gravataí (4), Ijuí (2) e Canoas
(2).

Histórico do sarampo no RS:

2019: 32 casos (até 13/11)
2018: 47 casos
2012-2017: sem casos registrados
2011: 8 casos
2010: 7 casos

A doença

Sarampo é uma doença infecciosa grave causada por um vírus. Sua transmissão ocorre
quando o doente tosse, fala, espirra ou respira próximo de outras pessoas. Qualquer
indivíduo que apresentar febre e manchas no corpo (exantemas) acompanhado de tosse,
coriza ou conjuntivite deve procurar os serviços de saúde para a investigação,
principalmente aqueles que estiveram nos 30 dias anteriores em viagem a locais com
circulação do vírus. Casos suspeitos devem ser informados imediatamente às secretarias
municipais de saúde ou para o Disque Vigilância, por intermédio do número 150.

Cobertura da vacinação

O Rio Grande do Sul apresentou nos últimos anos cobertura vacinal da primeira dose
contra o sarampo (aos 12 meses) abaixo da meta, que é 95%.

Ano – cobertura vacinal 1º dose de tríplice viral
2018: 89% (ainda dados preliminares sujeitos a alteração)
2017: 88%
2016: 90%
2015: 88% ...

Necessidade e foco impulsionaram tecnologia em Israel


Um país menor do que o Estado de Sergipe que se transformou em potência tecnológica
a partir de um combustível bem simples: a necessidade. No segundo dia de visitas a
Israel, os integrantes da missão governamental e empresarial do Rio Grande do Sul
conheceram como o país estabeleceu uma lógica de prioridades e conectou
desenvolvimento de tecnologias à criação de novos negócios.

A primeira agenda dessa segunda-feira (18/11) foi no Ministério das Relações Exteriores,
em Jerusalém. O grupo foi recebido por Ditza Froim, diretora de relações de Israel com
África, América Latina e Caribe da Divisão de Economia do ministério. Ela sinalizou áreas
de interesse em que Israel se tornou referência mundial. A primeira é segurança
alimentar, sobretudo com o apoio de startups dedicadas à agricultura, área em que o Rio
Grande Sul também é modelo e tem afinidade.

A segunda é o fornecimento de água. Israel investe tanto em dessalinização para
garantir o abastecimento quanto na formação de uma mentalidade de valorização da
substância. Embora a oferta de água no Brasil não seja um problema estratégico, o país
pode aprender com a forma como os israelenses tratam o insumo. “Desde o jardim de
infância, dizemos que se deve pagar pela água, porque água é vida”, explicou Ditza.

Outras possibilidades apontadas pela diplomata foram a de tecnologia aplicada à saúde e
a de educação e inovação, na qual o país procurou vencer dois desafios: criar um
ecossistema sustentável de apoio e incentivar a conexão com o universo de negócios
para as startups. “E a escolha que fizemos para colocar todas as pontas para trabalhar
juntas foi até simples: como não temos recursos naturais, ou tínhamos de importar tudo
ou produzir tudo aqui, então escolhemos a tecnologia”, disse.

A mentalidade empreendedora que movimenta Israel, conforme Ditza, está ancorada em
três elementos. O primeiro deles é acreditar na força do mercado. O segundo, reduzir os
riscos para que as ideias possam ser aceleradas. E por fim, algo que pode se tornar
promissor ao RS no futuro: o estabelecimento de parcerias internacionais. “Se um
empreendedor errar, para nós isso não é um problema, desde que ele saiba por que
errou e tente outra vez”, garantiu.
Ainda no prédio do Ministério de Relações Internacionais, o grupo ouviu do diplomata
Rafael Singer, que trabalhou no Brasil entre 2005 e 2010, que a visita do Rio Grande do
Sul era estratégica em função do contexto atual da relação diplomática. “Também é
muito importante para Israel. O Brasil é muito mais do que futebol e carnaval, é um
poder em todas as áreas”, destacou Singer
O diplomata afirmou que as relações entre Brasil e Israel vão entrar em uma nova fase,
com a inauguração, ainda em novembro, de um escritório da Agência Brasileira de
Promoção da Exportação (Apex) em Jerusalém, dedicado a promover negócios entre os
dois países. Singer revelou o desejo de ampliar as conexões comerciais com o Mercosul.
“Houve uma mudança nítida de postura do Brasil em relação a Israel”, comemorou
Singer, referindo-se ao governo do presidente Jair Bolsonaro.

Ciberforça

Uma das linhas mais robustas de investimento de Israel é a cibersegurança. “Israel
decidiu ser uma ciberforça do mundo”, afirmou Singer. O epicentro atual do esforço
israelense para desenvolver proteção digital – algo que se encaixa na tradição de
preocupação com defesa no país – ocorre em Beersheva, no deserto de Negev. Ali,
Exército, empresas e a Universidade de Ben Gurion interagem em um ambiente focado
na descoberta de soluções para um mercado que movimentou R$ 225 bilhões no mundo
em 2018, dos quais 10% são produzidos em Israel.

Como promover a interconexão entre o ambiente da pesquisa científica e o mundo dos
negócios foi o foco da segunda agenda do dia, na Yissum Technology Transfer, ligada à
Universidade Hebraica de Jerusalém. Trata-se de uma companhia dedicada a apoiar o
desenvolvimento de inventos científicos até que eles se transformem em empresas
capazes de conquistar mercados.

Leah Geffen, diretora de Relações Públicas e Comunicação da Yissum, ressaltou o
compromisso da instituição com o risco inerente a toda atividade baseada na invenção.
“Aqui temos uma atitude positiva diante do risco de empreender. Se a sua startup falha,
o governo não a pune. Se obtém sucesso, o governo compartilha”, explicou Leah. Esse
tipo de comportamento alavanca os resultados da pesquisa na Hebraica de Jerusalém.
São 10.750 patentes registradas ao longo de 55 anos de investimento em tecnologia.

Alguns inventos obtiveram resultados expressivos de mercado, como o cultivo
econômico do tomate cereja e os remédios Doxil (para o tratamento de câncer) e Exelon
(Parkinson e Alzheimer). Um destaque recente de uma ideia que nasceu no ambiente
fértil estimulado pela Yissum foi a venda da Mobileye, startup focada em sistemas de
automação para transportes, para a Intel. O valor da operação: US$ 15,3 bilhões. Leah
não revelou quanto da operação ficou nos cofres da Yissum, mas o modelo para
financiamento de novas pesquisas passa justamente pela sociedade entre a companhia e
as empresas que desenvolvem os produtos.

Vigilância com lentes e dados

O segundo dia da passagem por Israel terminou com uma visita à Elbit Systems, em
Rehovot. Oded Ben-David, vice-presidente de Tecnologia da empresa, apresentou como
alguns sistemas de vigilância eletrônica e análise de dados são aprimorados a partir de
lentes e sensores combinados, cada vez mais precisos e com melhor definição. Um dos
produtos apresentados, o Supervis, possibilita a observação telescópica com um ângulo
de 90°, ao qual é aplicada uma camada de análise de dados, que torna a captura de
imagens mais inteligente para a tomada de decisão.

Conforme Ben-David, a base do produto é a tecnologia SWIR, um infravermelho de
ondas curtas capaz de fazer uma leitura mais nítida, por distâncias maiores e mesmo em
condições atmosféricas adversas. “Temos um foco bem definido, o de atender
necessidades específicas. No caso do Supervis, foi uma encomenda para observar as
colinas de Golan e a Faixa de Gaza”, disse, mas o produto agora está sendo
comercializado.

Outro projeto da Elbit Systems apresentado à comitiva tem uma parte desenvolvida no
Rio Grande do Sul. A gaúcha AEL fornece um componente do sistema Júpiter de
monitoramento de imagens a partir do espaço, cuja aplicação pode ajudar a promover
melhorias no combate à poluição e no desenvolvimento da agricultura.

Ao comentar os contatos do dia, o secretário de Inovação, Ciência e Tecnologia, Luís
Lamb, defendeu uma mudança de mentalidade que absorva as lições oferecidas por
Israel: “Temos que aprender a mudar a forma como planejamos o desenvolvimento, em
função da forma como funciona a nova economia”, disse. Para Lamb, as apostas do
Estado precisam entrar em sintonia com as áreas estratégicas escolhidas por Israel.

Além de integrantes do governo do Estado e empresários, participam das agendas por
Israel, Estônia e Suécia representantes da Universidade Federal de Ciências da Saúde de
Porto Alegre (UFCSPA), da Universidade de Passo Fundo (UPF), da Imed, da Fábrica do
Futuro, do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e da Associação das
Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação – Regional RS (Assespro-RS).

...

Fepam inicia monitoramento da qualidade das águas do litoral gaúcho


O Departamento de Qualidade Ambiental da Fundação Estadual de Proteção Ambiental
(Fepam) inicia no domingo (17/11) o Projeto Balneabilidade. O monitoramento da
qualidade das águas dos balneários e praias gaúchas será realizado em pontos de 43
municípios dos litorais Norte, Médio e Sul e das regiões hidrográficas do Guaíba e do
Uruguai.

Os resultados serão disponibilizados todas as sextas-feiras, entre 20 de dezembro e 28
de fevereiro, por meio da página da Fepam, redes sociais, site Sistema de Balneabilidade
– Baln e do web aplicativo. Os banhistas que acessarem o sistema devem ficar atentos
aos símbolos que indicam se a água está própria ou não para banho.

Para analisar as condições bacteriológicas nas praias e balneários, é utilizado o
parâmetro da bactéria Escherichia coli. Sua presença sugere a possibilidade de haver,
naquele local, micro-organismos intestinais capazes de provocar doenças.

Nos balneários de Pelotas, de Tapes e na Lagoa do Peixoto, em Osório, é realizada
também a contagem de cianobactérias, organismos potencialmente produtores de
toxinas que podem levar a intoxicações agudas ou crônicas.

Nos balneários de água salgada do Litoral Norte, as coletas e análises são feitas pela
Fepam (31 pontos), nos balneários da Praia do Laranjal pelo Serviço Autônomo de
Saneamento de Pelotas (Sanep – 10 pontos), e pela Companhia Riograndense de
Saneamento (Corsan – 51 pontos) nos demais balneários do Estado.

Projeto Balneabilidade

A Fepam realiza o Projeto Balneabilidade desde o verão de 1979/1980, divulgando aos
veranistas informações sobre as condições da qualidade das águas das praias litorâneas,
lagunares e de rios do Rio Grande do Sul.

Para facilitar a comunicação, foi desenvolvido, com apoio da Procergs e do Corpo de
Bombeiros, o site Sistema de Balneabilidade – Baln e o web aplicativo. O serviço pode
ser acessado através dos sistemas Android e iOs e, para obter o ícone de atalho na tela
do smartphone ou tablet, basta acessar o site.

No site e aplicativo também são disponibilizadas informações sobre previsão do tempo e
condições de segurança para banho. ...

18º Festival de Cinema Estudantil de Guaíba começa na segunda-feira (18)


Com cerca de 2 mil trabalhos inscritos e 224 curtas e longas metragens a serem
exibidos, o 18º Festival de Cinema Estudantil de Guaíba começa nesta segunda-feira
(18/11), no Instituto Estadual Gomes Jardim. A mostra de filmes nacionais e
internacionais segue até o dia 23 de novembro, conta com a participação de 85 países e
envolve cerca de 3 mil alunos. As apresentações ocorrem das 9h às 20h.

Realizado em parceria com a 12ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE), o evento
ocorre desde 2002 e tem o objetivo de motivar o exercício da leitura em crianças e
adolescentes, bem como incentivar a produção audiovisual através de atividades
pedagógicas vinculadas ao currículo escolar.

"O Festival busca revelar a capacidade dos alunos da rede básica de ensino para que
trabalhem com a linguagem audiovisual e exercitem sua autoria utilizando a tecnologia",
afirma Valmir Michelon, diretor do Instituto Gomes Jardim.

Titular da 12ª CRE, Vera Lúcia da Silva destaca o Festival de Cinema como um dos
grandes eventos da região e ressalta o trabalho desenvolvido pela direção do Instituto
Estadual Gomes Jardim. "Esta é a 18ª edição de um grande evento que, com o passar
dos anos, foi tomando grandes proporções. Hoje temos, inclusive, a participação de
pessoas de fora do país", acrescenta.

Categorias

As categorias estão divididas em Mostra Nacional, Alternativa e Internacional e as
produções são de alunos de diferentes séries. Na Nacional, estão concorrendo 26 curtas
de Ensino Médio, 29 de Anos Iniciais, três animações, 47 de ficção dos Anos Finais, 15
documentários, nove de Categoria Livre e 17 Propagandas. Na Alternativa, 44 curtas
estão concorrendo e 34, na Internacional. ...

DNIT alerta para desvio na BR-290/RS, em Pantano Grande, devido às obras de duplicação da rodovia


Em continuidade às obras de duplicação da BR-290/RS, entre Eldorado do Sul e Pantano Grande,
o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes – DNIT inicia nesta quinta-feira
(14/11) uma operação de desvio no km 215 da rodovia. O bloqueio neste ponto será necessário
para a substituição da galeria de drenagem. O trabalho integra a construção do viaduto de
acesso ao município de Pantano Grande. Durante os próximos 30 dias, os motoristas que
passarem pelo trecho devem ficar atentos à sinalização vertical e sonora, além das barreiras
físicas instaladas na pista, indicando o desvio para a via lateral.
Atualmente estão com obras em andamento o lote 1 (km 112,3 ao km 143) e o lote 4 (km 199,5
ao km 228) da duplicação. No lote 1, está em execução a implantação da interseção na entrada
de Charqueadas (km 130). Os trabalhos no local contemplam um viaduto sobre a rodovia, os
ramos da interseção e duplicação de três quilômetros da pista da BR-290/RS. Com 75% dos
serviços executados, o DNIT estima que o segmento seja liberado ao tráfego em fevereiro de
2020.
Já no lote 4, as obras estão concentradas no perímetro urbano de Pantano Grande (km 215), no
entroncamento com a BR-471/RS. No local está em execução uma interseção de acesso à
cidade, com a construção de um viaduto longitudinal, contenções, duplicação de pouco mais de
um quilômetro de pista, ruas laterais e urbanização. Com 67% concluído, a expectativa do DNIT
é de que o trecho entre em operação também em fevereiro de 2020.

​ ...

Prefeitura de Butiá ofertou capacitação para jovens do bairro São José


O bairro São José foi à primeira comunidade a ser atendida pelo projeto “Capacita”, da
Prefeitura de Butiá, que visa ofertar qualificação gratuita a jovens e adultos. Na última
semana, 27 jovens participaram do curso de técnicas de vendas, na Associação de Moradores
local. A iniciativa está sendo desenvolvida através da Secretaria de Assistência Social,
Trabalho e Cidadania (SMASTC).

O projeto atenderá três comunidades, conforme o diagnóstico da administração, com base no
trabalho da equipe volante do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS). De acordo
com a secretaria de Assistência Social, Tanira Marques, os bairros Charrua e Roberto Cardoso
estão dentro do cronograma. Além disso, Tanira explicou o motivo do primeiro curso ofertado:
“Iniciamos com o curso de técnicas de vendas, por estarmos próximos ao mês de dezembro
com o conhecimento que o comércio local contrata nesse período aumentando suas equipes”,
pontuou.

Durante dois dias, os alunos acompanharam as aulas ministradas por Salomar Tagliapietra,
diretor da Capede, instituição que atua na formação de novos profissionais. O responsável
pelo projeto, o psicólogo Edson Leal ressalta que o diferencial da ideia do Legislativo Municipal
está no fato da preocupação de capacitar as pessoas no seu território, no seu bairro,
valorizando os saberes locais e construindo possibilidades para que as pessoas possam se
inserir no mercado de trabalho.

Em breve a SMASTC divulgará o inicio das inscrições para os demais bairros inseridos no
projeto.

...

Mais de 500 vidas foram preservadas com queda de 25,4% nos casos de homicídios até outubro


Passados 10 meses de 2019, os indicadores criminais acompanhados pela Secretaria da
Segurança Pública (SSP) comprovam que o trabalho estratégico e o empenho das forças
policiais têm consolidado a tendência de queda na violência em todo o Rio Grande do Sul.

Entre janeiro e outubro, na comparação com igual período de 2018, o número de vítimas de
homicídios passou de 1.997 para 1.490. A redução de 25,4% representa a preservação de 507
vidas no período. Na média, é como se a cada um dos 303 dias entre 1º de janeiro e 31 de
outubro, 1,6 morte tivesse deixado de ocorrer no Estado. Por mês, foram mais de 50 vidas
poupadas.

O resultado reflete a intensificação da queda no indicador de homicídios ao longo de 2019, a
partir do planejamento com territorial implantado pelo Programa Transversal e Estruturante
RS Seguro.

Ao priorizar ações nos 18 municípios que concentram os mais elevados índices de
criminalidade (71% das mortes violentas nos últimos 10 anos), a estratégia amplia a
repercussão do trabalho de repressão ao crime no quadro geral do Estado.

Das 507 mortes a menos no acumulado de 2019, frente igual período de 2018, 455 deixaram
de ocorrer justamente nesse grupo de cidades. Um ano atrás, os 18 municípios somavam
1.312 vítimas de homicídios entre janeiro e outubro. Hoje, esse total caiu para 857 (-34,7%).

Na observação isolada do décimo mês do calendário, o Estado teve 122 pessoas assassinadas
em 2019 e 171 no ano anterior – queda de 28,7%. Na capital, a redução foi mais significativa.
A soma de pessoas assassinadas caiu de 469 nos 10 primeiros meses de 2018 para 260 em
igual período deste ano, o que representa baixa de 44,6%. Em outubro, o total de vítimas
diminuiu de 27 para 22 (-18,5%).

Outubro tem o menor número
de latrocínios da história

A melhoria de cenário também é observada no indicador de latrocínios. O Estado encerrou
outubro com o menor número de roubos com morte da série de histórica para o mês. Foram
dois casos em todo o Estado, ante os cinco registrados no mesmo período de 2018 – queda de
60%. Quando considerado o acumulado desde janeiro, o índice também fechou em baixa no
RS, passando de 75 no ano passado para 56 (-25,3%).

Em Porto Alegre, as ocorrências de latrocínio continuam no menor patamar da última década.
Entre janeiro e outubro, a capital soma seis casos, número 45,5% menor do que os 11 roubos
com morte registrados em igual período de 2018.

Com maior redução percentual já registrada,
RS tem 4,4 mil roubos de veículos a menos

A redução dos latrocínios está, em grande parte, ligada à retração de outro importante
indicador de violência: o roubo de veículos. Em 10 meses, o Estado tem 4,4 mil ocorrências a
menos do que no mesmo intervalo do ano passado, queda de 32% – a maior baixa percentual
em toda a série histórica.

Desde o início de 2019, foram 9.461 motoristas que tiveram seus carros, motos, ônibus e
caminhões levados por assaltantes. Em igual período de 2018, os roubos de veículos
alcançaram a marca de 13.916. Se considerado apenas o mês de outubro, a retração é ainda
maior, com queda de 1.369 para 797 casos, o que equivale a baixa de 41,8%.

Metade do recuo nos roubos de veículos no Estado tem origem na capital – foram 3.085
ocorrências a menos na comparação de acumulados entre o primeiro e o décimo mês. A
queda, dos 7.195 casos registrados no ano passado para os 4.110 neste ano chegou a 42,9%.
Na leitura isolada de outubro, Porto Alegre encerrou com 302 registros, ante 687 veículos
roubados no mesmo período de 2018.

Também estão em diminuição os delitos em que os automóveis são levados por ladrões sem o
uso de ameaça ou violência. Neste ano, os furtos de veículo acumulam o menor total até
outubro desde que a contabilização de crimes teve início, em 2002. Foram 10.934 ocorrências
no Estado frente as 12.365 de igual período do ano passado (-11,6%).

Além das barreiras de fiscalização, o combate ao comércio ilegal de peças é um dos principais
fatores para as baixas históricas nos números de furtos e roubos de veículos. Na semana
passada, a Operação Desmanche, coordenada pelo Departamento de Inteligência da
Segurança Pública (Disp), da SSP, celebrou a marca de 7 mil toneladas de sucata e peças de
procedência conhecida apreendidas e encaminhadas à reciclagem.

O cerco ao comércio ilegal desmobiliza a ação de criminosos para alimentar o mercado
irregular. Em 88 edições desde seu início, em 2016, a força-tarefa que reúne agentes do
Departamento Estadual de Trânsito (Detran), da Polícia Civil, da Brigada Militar e do Instituto-
Geral de Perícias (IGP) já visitou 50 municípios, interditou 132 estabelecimentos e prendeu
mais de 70 pessoas por receptação e crimes ambientais.

Ataques a banco caem 34,6% e
ocorrências em comércios, 24,7%

A mitigação da criminalidade no Estado também aparece em outros indicadores monitorados
pela SSP. Um destaque é a diminuição de 24,7% nos ataques a comércios (soma de furtos e
roubos), com 2.278 ocorrências a menos entre janeiro e outubro deste ano (6.941) frente
igual período do ano anterior (9.219).

Na mesma comparação, os ataques a banco tiveram queda de 34,6%, passando de 153 casos
para cem. Além das ações de inteligência por parte da Polícia Civil, o reforço dos Pelotões de
Operação Especial (POEs) e a criação de dois novos Batalhões de Polícia de Choque (BP
Choques), a partir do ingresso de cerca de 2 mil novos brigadianos, amplia a capacidade das
forças de segurança para coibir a ação de quadrilhas especializadas nesse tipo de roubo, em
especial, nos municípios do Interior. A recente entrega de 134 viaturas para a BM, sendo 47
para pequenos municípios, também melhora as condições de enfrentamento à criminalidade.

No acumulado até outubro, comparado a igual período do ano passado, os indicadores da SSP
ainda registraram quedas de 10,4% entre os roubos (de 62.490 para 55.982), de 15,1% nos
furtos (de 116.769 para 99.165) e de 28,9% nos roubos a transporte coletivo, incluindo
passageiros e motoristas (de 2.705 para 1.924).

BM amplia Patrulhas
Maria da Penha

Verificadas desde o início de 2019, a queda no acumulado ao longo do ano em relação aos
crimes de violência contra a mulher no Estado se manteve em outubro. Os números de janeiro
até o mês passado ficaram abaixo dos registrado no mesmo período de 2018 nos cinco
indicadores monitorados pela SSP.

O total de feminicídios caiu de 93 no ano passado para 82, baixa de 11,8%. As tentativas de
assassinato de mulheres em razão do gênero caíram 4,7%, de 301 para 287. O mesmo
percentual de retração foi registrado entre as lesões corporais, que passaram de 17.657 para
16.828. Os estupros diminuíram de 1.496 para 1.351 (-9,7%) e as ameaças, de 31.325 para
30.729 (-1,9%). ...

Moro confirma a governador início de obras de presídio federal no RS em 2020


Em reunião com o governador Eduardo Leite nesta segunda-feira (11/11), em Brasília, o
ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, confirmou que a construção do primeiro
presídio federal do Rio Grande do Sul começará em 2020. Com a instalação de uma
penitenciária de segurança máxima, o Estado terá um aporte financeiro maior por parte da
União para investimentos em outras unidades prisionais, além de auxílio para capacitação de
agentes penitenciários.

Leite comemorou a notícia, que vem de encontro com um dos quatro eixos que sustentam o
RS Seguro, o de revitalização do sistema prisional gaúcho – completam a lista combate à
criminalidade, políticas sociais preventivas e melhoria do atendimento ao cidadão.

“Estamos colocando mais efetivo nas ruas e fazendo investimentos em equipamentos e
viaturas para qualificar o policiamento ostensivo, mas temos que ter o sistema penitenciário
funcionando de forma melhor para efetivamente termos segurança pública no nosso Estado.
Então, entre outras ações, estamos qualificando as unidades prisionais gaúchas com cerca de
R$ 50 milhões de recursos do Departamento Penitenciário Nacional e, além disso, a
construção de um presídio de segurança máxima no município de Charqueadas”, afirmou
Leite.

Um total de R$ 2 milhões já está assegurado no Orçamento da União de 2020 para dar início
às obras da futura Penitenciária Federal de Charqueadas, na Região Metropolitana, anunciou
Moro à comitiva gaúcha, formada, ainda, pelo vice-governador e secretário da Segurança
Pública, Ranolfo Vieira Júnior, pelos secretários de Administração Penitenciária, Cesar Faccioli,
e de Planejamento, Orçamento e Gestão, Leany Lemos, pelo procurador-geral do Estado,
Eduardo Cunha da Costa, e pela chefe da Polícia Civil, Nadine Anflor.

A previsão do governo federal é aportar R$ 14,3 milhões nos três anos subsequentes,
concluindo a obra em 2023 com um investimento total de R$ 45 milhões.

A expectativa é de que a licitação do projeto – que ficará a cargo do Ministério da Justiça e
Segurança Pública – seja iniciada no segundo semestre do ano que vem, com tempo hábil
para iniciar as obras de fundação do presídio.

Além da criação de novas vagas no sistema penitenciário gaúcho, o governador comemorou
outras ações em cooperação com o Ministério da Justiça, como a formação e capacitação de
agentes penitenciários no RS, além de recursos financeiros.

“Em função de acolhermos um presídio de segurança máxima, também deverão vir
acompanhados outros recursos para qualificação do sistema prisional do Estado, como compra
de equipamentos e investimentos em tecnologia, para melhorar também outras cadeias
gaúchas”, afirmou Leite.

Cronograma de investimentos do governo federal na futura penitenciária federal de
Charqueadas:

2020 R$ 2.000.000
2021 R$ 14.333.334
2022 R$ 14.333.334
2023 R$ 14.333.334
TOTAL R$ 45.000.000
...

Prefeitura de Butiá inaugura Centro Municipal de Reabilitação


A partir desta quarta-feira (06), a comunidade butiaense que busca os serviços na Rede
Municipal de Saúde passou a contar com um novo espaço para atendimento de
fisioterapeuta, fonoaudiólogo e ortopedista, além distribuição de equipamentos ortopédicos.
A Prefeitura de Butiá inaugurou, oficialmente, o Centro Municipal de Reabilitação, localizado
na Avenida Leandro de Almeida, no bairro Centro.

Com a abertura do local, O Executivo, a partir da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), tem
o objetivo de atender cerca de 400 butiaenses por mês, entre consultas com os
especialistas e a demanda atendida no núcleo de fisioterapia. Além disso, o Centro de
Reabilitação possui o Banco Municipal de materiais utilizados na recuperação de pacientes,
como cadeiras de rodas, muletas, bengalas e camas hospitalares. ...

Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo digital já está disponível no RS


Proprietários de veículos registrados no Rio Grande do Sul já podem utilizar a versão
eletrônica do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV), documento que
atesta que o veículo está licenciado para circulação.

O documento pode ser gerado em um smartphone ou outro dispositivo móvel pelo
aplicativo gratuito Carteira Digital de Trânsito, desenvolvido pelo Serpro para o
Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) e viabilizado, no RS, pela Procergs e pelo
DetranRS. Assim como a CNH Digital, a versão eletrônica do CRLV traz todas as
informações do documento impresso e tem a mesma validade jurídica do CRLV físico.

O CRLV Digital foi apresentado pelo DetranRS no lançamento do portal rs.gov.br,
plataforma concentra os serviços digitais oferecidos ao cidadão pelos órgãos de governo,
na quarta-feira (6/11), no Palácio Piratini. “O CRLV Digital, documento que chancela o
licenciamento do veículo, agora pode estar na palma da mão, tal como a CNH Digital,
que é um sucesso de adesão no RS, o terceiro Estado com mais documentos eletrônicos
gerados. É mais uma comodidade para o motorista gaúcho”, disse Enio Bacci, diretor-
geral do DetranRS.

Para ter o documento digital, o proprietário do veículo licenciado no RS deverá baixar o
app no Google Play e App Store – o cadastramento pode ser realizado no próprio
aplicativo. Tanto a CNH como o CRLV digital poderão ser acessados pelo dispositivo
móvel mesmo offline. A geração do CRLV eletrônico não tem custo.

“O CRLV Digital agora pode estar na palma da mão, como a CNH Digital", disse Enio
Bacci, diretor-geral do DetranRS - Foto: Felipe Dalla Valle / Palácio Piratini (foto anexa)
Compartilhamento

O CRLV Digital pode ser compartilhado para outra pessoa que utiliza o mesmo veículo,
desde que ela já tenha instalado, em seu dispositivo móvel, o aplicativo da Carteira
Digital de Trânsito (CDT). O compartilhamento pode ser realizado para até cinco pessoas
ao mesmo tempo.

Quem recebe o CRLV digital não consegue exportar ou compartilhar o documento, mas
pode apresentá-lo às autoridades de trânsito. Quando o proprietário do veículo não
quiser mais compartilhar o documento, basta cancelar a opção no app.

Segurança

O documento digital do usuário fica protegido por uma senha de acesso de quatro
dígitos, exigida para o login na Carteira Digital de Trânsito. O acesso ao aplicativo pode
ser feito também com a impressão digital do usuário nos dispositivos móveis que
tenham leitor por biometria.

A autenticidade do documento é garantida pelo QR Code, que pode ser lido para verificar
se há alguma falsificação no documento durante uma fiscalização de trânsito. O
procedimento de obtenção do CRLV e da CNH Digital é 100% on-line, não sendo
necessário o comparecimento do proprietário ao Detran de seu Estado. ...

Obras na Zona Norte irão reduzir alagamentos em Porto Alegre


Porto Alegre está ganhando uma grande transformação e quase ninguém vai ver. Esta é
a sensação que se tem ao visitar a obra de macrodrenagem do Arroio Areia. O
reservatório, com capacidade para armazenar 6.852,38 m³ de água da chuva, vai ficar
embaixo da praça Lopes Trovão, no bairro Chácara das Pedras. “Apesar de a população
não visualizar esta grande obra, certamente vai sentir, pois vai reduzir sensivelmente os
alagamentos na cidade”, destaca o prefeito Nelson Marchezan Júnior em visita feita ao
local nesta sexta-feira, 8. “Por muitos anos Porto Alegre não investiu em drenagem e a
população foi quem sofreu com esta falta de investimentos”, explica.

O conjunto de 26 melhorias vai contemplar 14 bairros da Zona Norte e beneficiar mais
de 180 mil pessoas diretamente, sem contar quem passa de transporte pelos locais
alagados ou ainda com asfalto danificado pelo acúmulo de água. “Sempre que chove
forte, as pessoas se perguntam sobre o que a prefeitura está fazendo para combater os
alagamentos. Além de aprimorar os serviços de manutenção de todo o sistema e
implementar uma fiscalização inédita nos contratos, a gestão Marchezan está avançando
com o maior conjunto de obras de macrodrenagem da história recente de Porto Alegre”,
frisa o secretário de Serviços Urbanos, Ramiro Rosário. “Hoje temos dezenas de obras
na cidade, que está ganhando investimentos em infraestrutura urbana não realizados
nos últimos anos”, aponta o secretário de Infraestrutura e Mobilidade Urbana, Marcelo
Gazen.

O investimento é de R$ 107,2 milhões de recursos da União e mais R$ 1,3 milhão de
contrapartida da prefeitura. Quem visita hoje a obra chamada R1 encontra uma grande
cratera e percebe as vigas de concreto sendo construídas, além de lajes e paredes. Até a
metade do ano que vem, ganhará forma neste local um grande reservatório de concreto
que vai receber por tubulações a água da chuva coletada pelos bueiros das ruas. Depois,
uma outra tubulação vai fazer com que, lentamente, esta água escoe no rio Gravataí,
sem ficar acumulada em ruas e avenidas.

Das 26 obras, sete são reservatórios, que têm por objetivo represar a vazão excedente
que não é conduzida pela rede de drenagem por falta de capacidade. O reservatório se
ligará com as redes novas ou existentes, minimizando os alagamentos da região do
bairro Chácara das Pedras. Quando a ampliação da bacia estiver concluída, minimizará a
situação crítica do município na parte de macrodrenagem, principalmente no bairro
Santa Maria Goretti e arredores.

Desde o início da gestão, a prefeitura tem investido em obras para qualificar a drenagem
da cidade, que possui graves problemas. A posição geográfica de Porto Alegre é aliada
às enchentes e alagamentos. Um total de 35% da área urbanizada está apenas três
metros acima do nível do mar, ou seja, praticamente no mesmo nível médio das águas
dos rios. Boa parte destas áreas está na Zona Norte. Porto Alegre possui 22 Casas de
Bombas. Com as intervenções no Sistema de Proteção Contra Cheias, o nível de
equipamentos para bombeamento subiu de 40%, no início de 2017, para mais de 80%
atualmente.

Outras três obras em andamento:

- R2, na praça Francisco Guerra Blessman, que contém um reservatório ainda maior,
com capacidade de 7.678,22 m³. O reservatório está concluído e em funcionamento e
está previsto o início da obra de urbanização da praça para a primeira quinzena de
novembro;

- F1, que inicia na Plínio Brasil Milano, seguindo pela rua Cacequi e rua Veranópolis até
proximidades da viela Santo André. Está sendo executada a implantação de tubulações
de 1,5m de diâmetro e execução de poços de visitas concretados no local;

- C1, na avenida Anita Garibaldi, onde há a implantação de galerias subterrâneas entre
as ruas Azevedo Sodré, Libero Badaró e Desembargador J. B. de Medeiros. ...

Prefeitura de Eldorado do Sul presta apoio às famílias atingidas pelas cheias no município


O período intenso de chuvas nos últimos dias ocasionou cheias em alguns bairros de
Eldorado do Sul. Neste momento de dificuldade para as famílias dos bairros Cidade Verde,
Vila da Paz, Chácara e Picada, a Defesa Civil e as secretarias municipais estão trabalhando
em conjunto para prestar apoio à população atingida pelas cheias. Para entrar em contato
com a Defesa Civil, ligue para os números 3481-3018, 3499-2486 ou 8595-1460. ...

Guaíba recebe o Circuito Eco Ambiental.


A corrida acontece no dia 24 de novembro às 8h, no Parque da Juventude. O evento tem
como objetivo incentivar a prática de esportes, como caminhada e corrida, e os cuidados
com a saúde em geral. As inscrições já estão abertas e a retirada dos kits será no sábado
(23). Participem!
Inscrições pelo site https://ticketagora.com.br/e/circuito-eco-ambiental-guaiba-29132 ...

Unidades de Saúde mais acolhedoras em Charqueadas


Por iniciativa do Prefeito Simon e da Secretária Municipal da Saúde e Meio Ambiente,
Cláudia Brum, desde o dia 1º de novembro todas Unidades de Saúde de Charqueadas
passaram a abrir suas portas às 7h30min, para que as pessoas que procuram atendimento
pela manhã possam aguardar bem acomodadas e em ambiente seguro e acolhedor.

Uma recepcionista estará disponível para orientar e organizar o atendimento e prestar
informações a quem precisar.

Segundo a Secretária, Cláudia Brum da Cruz Silveira, a gestão está sempre buscando
maneiras de ampliar o acolhimento e melhorar o atendimento, e abrir as Unidades de
Saúde mais cedo é apenas mais uma das iniciativas tomadas para que isso aconteça.

O horário de atendimento das Unidades de Saúde é das 7h30 às 12h, com início de
atendimento médico, odontológico e de enfermagem às 8h, e das 13h às 17h, de segunda a
sexta-feira.

Para mais informações, o telefone da Coordenação da Atenção Básica é 3958-8479, e o da
Ouvidoria da Secretaria Municipal da Saúde e Meio Ambiente é 3958-8443.
...

Governo lança portal rs.gov.br com novos serviços digitais para a população


Mais um passo para que o governo do Estado ofereça 100% dos serviços digitais foi dado na
manhã desta quarta-feira (6/11). No Palácio Piratini, o governador Eduardo Leite, ao lado do
secretário de Governança e Gestão Estratégica, Claudio Gastal, fez o lançamento do portal
unificado de serviços digitais, o rs.gov.br.

A plataforma é a porta de entrada para os serviços do Estado e centraliza 95 funcionalidades
em um endereço eletrônico. O nome, de fácil entendimento, remete a todo e qualquer canal
governamental do RS.

Oito serviços são novidades:

Consulta da Situação de Perícias em Veículos (do Instituto-Geral de Perícias)
Apresentação Virtual do Condutor (Detran RS)
Guia Eletrônica de Pagamento para a Retirada de Veículo em Depósito (Detran RS)
CRLV Digital (Detran RS)
.Escola RS (Secretaria da Educação)
Chamar192 – Samu (Secretaria da Saúde)
Gestão de Sistemas Sociais (Secretaria de Trabalho e Assistência Social)
Alerta de Furto e Roubo (Secretaria da Segurança Pública)
A nova plataforma, de acordo com o governador, obedece ao conceito de governo digital,
baseado em algumas premissas. “Não podemos meramente reproduzir a burocracia analógica
no digital. O digital é uma oportunidade de desburocratizar e de retirar os tantos balcões pelos
quais o cidadão precisa passar para ter acesso a algum serviço”, disse Leite. “A vida é
acelerada, e o governo acabou ficando para trás. Essa plataforma oferece serviços na
velocidade da vida dos gaúchos”, acrescentou.

O novo portal foi elaborado pela Secretaria de Governança e Gestão Estratégica (SGGE) com
apoio das vinculadas Escritório de Desenvolvimento de Projetos (EDP) e Companhia de
Processamento de Dados do Estado (Procergs).

Diferentemente das iniciativas anteriores, o rs.gov.br não é um aplicativo, mas um portal
responsivo (adaptável a qualquer dispositivo, seja tablet, celular ou computador), que
disponibiliza a carta de serviços digitais em um mesmo ambiente. Nele, o cidadão encontra em
destaque uma barra de pesquisa e as demandas mais acessadas, entre outras funcionalidades.
O ambiente remete ao modelo do gov.br, portal do governo federal.

A meta do governo é, até o final de 2022, disponibilizar todos os serviços do Poder Executivo
de forma 100% digital. Hoje, segundo levantamento preliminar, dos 243 serviços existentes,
95 estão digitalizados.

A digitalização dos serviços é considerada fundamental também pelo contexto do país.
Atualmente, no Brasil, a população é de 211 milhões de pessoas, e há 215 milhões de
aparelhos de telefones celulares – o número corresponde a 102% de celulares em relação à
população. Além disso, cerca de 150 milhões de usuários utilizam serviços de internet.

TudoFácil
O atendimento presencial, para quem não tem acesso nem interesse pelo meio digital, está
sendo levado em conta nessa qualificação da prestação de serviço. As agências do TudoFácil
seguirão seus atendimentos nos mesmos locais e horários. Além disso, o governo avalia
ampliar a rede de postos presenciais com entidades parceiras. Seriam pontos de atendimento
físico em outras cidades do Estado com acesso ao rs.gov.br. Esse projeto é elaborado e
coordenado pela SGGE e suas vinculadas.

NOVOS SERVIÇOS DIGITAIS

Consulta da Situação de Perícias em Veículos
Serviço do Instituto-Geral de Perícias (IGP)
Possibilita ao cidadão pesquisar a situação das perícias em veículos que estão sob a custódia
do Estado como aqueles em depósitos, veículos envolvidos em acidentes, roubos ou outros
crimes.

Apresentação Virtual do Condutor
Serviço do DetranRS
O proprietário do veículo inicia o processo e indica o motorista responsável por uma infração
de trânsito, o que deve ser confirmado pelo motorista indicado, via sistema.

Guia Eletrônica de Pagamento para a Retirada de Veículo em Depósito
Serviço do DetranRS
O usuário que tiver seu veículo recolhido tem a opção de gerar eletronicamente a guia de
arrecadação para pagamento das despesas de remoção e estada. Após a confirmação do
pagamento, o proprietário (ou seu representante legal) pode retirar o veículo diretamente no
Centro de Remoção e Depósito correspondente.

CRLV Digital
Serviço do DetranRS em parceria com o Denatran
Agora, além da Carteira Nacional de Habilitação – CNH, é possível ter a versão digital do
Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo – CRLV (documento que atesta o
licenciamento anual do veículo). As versões digitais têm o mesmo valor jurídico das impressas
e trazem vantagens adicionais que propiciam maior mobilidade, praticidade e comodidade.

.Escola RS
Serviço da Secretaria da Educação voltado para professores, gestores, pais e estudantes:

Escola RS Professor: aplicativo de diário de classe, para registro de frequência e
aproveitamento dos alunos.
Escola RS Gestor: módulo permite que a gestão da escola, a Seduc e as coordenadorias façam
o acompanhamento de atividades escolares, frequência dos estudantes, avaliações, resultados
e alertas de alunos infrequentes. Isso permite a efetiva tomada de decisão para, por exemplo,
combater evasão escolar e reprovação, definir investimentos e demais ações.
Escola RS Estudantes: permite aos alunos e pais o acompanhamento em tempo real de
comparecimento às aulas e avaliações, aproveitamento, horários, agenda de atividades e de
eventos da escola.
Chamar192 – Samu
Serviço da Secretaria da Saúde
É o único aplicativo entre os oito novos serviços. A finalidade é dar celeridade ao atendimento
pelas Centrais de Regulação do Serviço de Atendimento Móvel (Samu). Ao instalar o aplicativo
e cadastrar os dados, o acionamento ao serviço de urgência e emergência se torna muito mais
prático e ágil ao cidadão. O app usa as informações cadastradas e os dados de GPS para
indicar ao Samu a localização do solicitante.

Gestão de Sistemas Sociais
Serviço da Secretaria de Trabalho e Assistência Social
Habilita projetos sociais e de empresas financiadoras por meio da Lei de Solidariedade na
Secretaria de Trabalho e Assistência Social do Estado do RS. Prestação de contas do uso de
recursos recebidos para execução de projetos sociais no âmbito da mesma lei.

Alerta de furto e roubo
Serviço da Secretaria da Segurança Pública
O usuário autenticado poderá gerar um alerta de furto ou roubo de um veículo que estiver em
sua propriedade. O alerta ingressa no sistema da Segurança Pública, ficando visível para as
autoridades. Após 72 horas, o alerta deixa de existir se não houver uma ocorrência policial
registrada para o veículo furtado/roubado.

...

CMPC celebra 10 anos de atuação no RS em evento com a presença do governador


O governador Eduardo Leite participou na noite desta quarta-feira (6/11) da solenidade
comemorativa aos 100 anos de história da CMPC no mundo e 10 anos de atuação no Brasil,
por meio da unidade industrial de Guaíba, no Rio Grande do Sul. O evento, no Instituto Ling,
reuniu autoridades políticas, lideranças empresariais e de entidades de classe, e contou com a
presença dos principais líderes chilenos da companhia.

“Estamos aqui para destacar a CMPC e tê-la como grande exemplo para tantos outros
negócios e empreendedores, para que possam se espelhar nessa história”, disse Leite. “Por
isso, trabalhamos para criar condições de reforçar o sentimento de satisfação de estar no
Estado e nutrir o desejo de ampliar investimentos, garantindo competitividade, com redução
do custo logístico, do custo tributário e da burocracia. Encaminhamos as privatizações nos
setores energético e de gás, as concessões de estradas e hidrovias e um moderno código
ambiental, que garanta o desenvolvimento com sustentabilidade”, acrescentou.

Fundada no ano de 1920, a CMPC (Compañia Manufacturera de Papeles y Cartones) iniciou
suas operações no Brasil em 2009, quando adquiriu a Unidade Guaíba da Aracruz Celulose,
originando assim, a CMPC. A fábrica de Guaíba opera com capacidade anual de 1,86 milhão
toneladas de celulose, além de 60 mil toneladas de papel.

Desde que chegou ao município, a CMPC gera milhares de empregos e movimenta a economia
de Guaíba e do RS ao estimular a compra de insumos para a produção de celulose com
fornecedores locais. A empresa gaúcha gera cerca de 6,6 mil empregos diretos e quase 40 mil
indiretos. Tem 914 hortos florestais em 62 municípios e 136 mil hectares de área preservada.
Desde 2009, investiu R$ 12 bilhões e contribuiu com R$ 1,64 bilhão em impostos no RS.

Em todo o planeta, está presente em oito países, com 44 plantas industriais e 17 mil
colaboradores. O faturamento em 2018 foi de R$ 22,8 bilhões.

Investimentos

A CMPC iniciou a ampliação do seu sistema de drenagem pluvial na planta de Guaíba, com um
investimento de R$ 100 milhões ao longo de dois anos. A obra prevê a construção de um
grande reservatório e três poços de bombeamento com sistemas de monitoramento da
qualidade da água da chuva. Com este empreendimento, a estimativa é gerar 200 empregos
diretos e mais 400 indiretos durante a realização dos serviços. A conclusão está prevista para
o segundo semestre de 2020.

Além de Leite, o governo foi representado no evento pelo vice-governador Ranolfo Vieira
Júnior, pelo secretário-chefe da Casa Civil, Otomar Vivian, e pelos secretários Ruy Irigaray
(Desenvolvimento e Turismo), Claudio Gastal (Governança e Gestão Estratégica), Artur Lemos
(Meio Ambiente e Infraestrutura), Bruno Vanuzzi (Parcerias), Beatriz Araujo (Cultura) e pelo
superintendente dos Portos, Fernando Estima. ...

Fepam emite duas licenças para projetos de transformação de resíduos


A Divisão de Resíduos Sólidos da Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) emitiu
autorização para dois projetos de pirólise. Os empreendimentos ficam em Canoas e Farroupilha.

As autorizações preveem a realização de testes pelo período de um ano, com acompanhamento
de uma instituição de pesquisa e de analistas da Fepam. As Licenças de Operação dos
empreendimentos somente serão emitidas após a comprovação de que a tecnologia atende os
limites de emissão previstos na legislação vigente, bem como a destinação adequada dos
resíduos e efluentes gerados.

O processo de pirólise consiste na decomposição da matéria orgânica por altas temperaturas, na
ausência de oxigênio. Essa tecnologia busca a redução da quantidade de resíduos gerados,
reutilização e reciclagem, além do perfeito controle de possíveis efeitos ambientais.

Os dois empreendimentos que obtiveram as licenças farão o processamento de resíduos sólidos
classe II, como plásticos (exceto PVC), borrachas, materiais sintéticos e pneus.

Em Canoas, os produtos gerados serão gás, óleo combustível e carvão. Em Farroupilha, serão
óleo, gás, piche, carvão, metais e lodo do sistema lavador de gases.

Estas são as primeiras unidades piloto de pirólise autorizadas para testes no Rio Grande do Sul. ...

Brigada Militar prende bandidos que assaltaram a lotérica de Arroio dos Ratos


No início da madrugada desta quarta-feira (06) por volta da meia noite a Brigada Militar
prendeu um jovem de 19 anos que seria o terceiro suspeito de ter assaltado a agência
lotérica de Arroio dos Ratos.
Ainda na terça-feira, outro jovem de 19 anos e um adolescente de 17 já haviam sido
presos. portando R$ 1.112 e uma arma.
O crime ocorreu no início da tarde da terça-feira (05) quando os criminosos atacaram a
agência lotérica situada na Rua Largo do Mineiro, no centro de Arroio dos Ratos, na
Região Carbonífera (a única da cidade).
Após o ataque, fugiram em um Voyage, de cor prata em direção a Br 290. Equipes da
Brigada Militar (BM) de Eldorado do Sul, Charqueadas e Arroio dos Ratos também foram
mobilizadas e iniciaram imediatamente as buscas.

O Voyage usado na fuga foi encontrado abandonado às margens da BR-290, ainda em
Arroio dos Ratos e os ladrões fugiram para um matagal, próximo a Estação Agronômica
da UFRGS já na divisa com o Parque Eldorado onde foram capturados pela Brigada
Militar

Nas imagens das câmeras de segurança da lotérica podemos ver os três meliantes que
praticaram o crime: Um todo de preto pulando a divisória, outro, de camiseta preta,
bermuda cinza e boné vermelho, apontando uma arma para a atendente e um terceiro,
de moleton cinza e azul no lado direito da imagem.

...

Brigada Militar recebe 134 viaturas para mais de 100 municípios


Com a entrega de 134 novas viaturas da Brigada Militar a mais de 100 municípios, o
governo do Estado reforça e qualifica o trabalho da segurança pública gaúcha. Por meio
do programa RS Seguro, o Estado contemplou 47 pequenos municípios com carros
novos. Os outros 87 veículos foram destinados a cidades escolhidas pela Consulta
Popular 2018 (41 veículos) e aos 18 municípios priorizados no RS Seguro (46 carros) por
concentrarem a maior parte dos índices de criminalidade no Estado. Além dos veículos,
foram entregues 1.043 coletes balísticos. O investimento total será de mais de R$ 13,5
milhões, com recursos do Estado e da Consulta Popular.

Os veículos entregues aos 47 pequenos municípios são da marca Fiat e modelo Palio
Weekend. A decisão foi tomada mediante trabalho desenvolvido pelo programa
transversal e estruturante RS Seguro. Os carros foram entregues na manhã desta sexta-
feira (1/11) pelo governador Eduardo Leite e pelo vice-governador e secretário da
Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior.

Leite destacou que, em um cenário de crise fiscal como o vivido no RS, é importante
identificar as reais demandas para priorizar a aplicação de recursos. "Trabalhamos com
um orçamento no qual a despesa é maior do que a receita. Nosso papel, como governo,
é fazer com que o Estado supere as dificuldades e não se acostume a conviver com elas.
A crise fiscal precisa sair dos nossos discursos e da nossa rotina", explicou, ao citar
medidas implementadas em busca de equilíbrio financeiro e atração de investimentos.

O governador também destacou a força dos agentes da segurança pública. "Queremos
investir mais para que nossos servidores tenham melhores condições de trabalho. O
declínio que observamos nos índices de criminalidade se deu devido à qualidade dos
serviços dos homens e das mulheres das forças de segurança", reforçou.

Além da entrega das viaturas e dos coletes balísticos, o governador comemorou o início
do funcionamento do Programa de Incentivo ao Aparelhamento da Segurança Pública
(Piseg/RS), pioneiro no Brasil, que permitirá a destinação de parte dos valores
recolhidos em impostos a ações da Secretaria da Segurança Pública (SSP) e órgãos
vinculados. Três empresas de Erechim já participaram do programa. “Poderemos, agora,
rodar esse programa de investimentos, que dará ainda mais capacidade e qualificação à
estrutura da segurança pública, com apoio da iniciativa privada”, disse.

A decisão de destinar metade das novas viaturas a cidades menores faz parte da visão
do RS Seguro de reverberar por todo o Estado as melhorias de estrutura, qualificação de
atendimento e sensação de segurança para a população. Para definir as cidades
contempladas, esclareceu o vice-governador e secretário da Segurança Pública, foi
realizada uma avaliação técnica levando em conta a frota existente, o efetivo e o
contexto criminal.

“Temos a prática de repassar às cidades menores aquelas viaturas seminovas,
substituídas por veículos recém-adquiridos nas metrópoles, o que, sem dúvida, otimiza o
aproveitamento de material do Estado. Mas entendemos que comunidades pequenas
também necessitam de investimento qualificado, uma das premissas do RS Seguro, o
nosso programa de segurança pública para todo o RS”, afirmou Ranolfo. O vice-
governador adiantou que a SSP está em tratativas com a coordenação da bancada
federal gaúcha em Brasília para obter recursos de emendas parlamentares para a
aquisição de mais 70 viaturas, também para municípios menores.

Além dos veículos, Leite entregou 1.043 coletes balísticos adquiridos por meio da
Consulta Popular de 2018 para 83 municípios - Foto: Gustavo Mansur/ Palácio Piratini A
destinação dos 47 veículos zero-quilômetro para municípios de pequeno porte dá
sequência a outra iniciativa do RS Seguro, adotada em agosto, com a distribuição dos
cerca de 2 mil policiais militares que ingressaram para reforçar a BM. Um dos critérios
da estratégia de lotação foi a garantia de que nenhuma cidade do RS teria menos do que
cinco PMs – 256 policiais militares reforçaram 153 comunidades que estavam com
efetivo abaixo desse limite mínimo.


Os 47 veículos das cidades pequenas custaram, no total, R$ 4.485.669,89. A verba é
parte do investimento total de R$ 8.875.900,00 em recursos do Fundo Especial da
Segurança Pública (Fesp), abastecido principalmente por valores arrecadados pelo
Departamento Estadual de Trânsito (Detran). O restante – R$ 4.390.230,11 – bancou a
aquisição de outros 46 Palio Weekend repassados aos 18 municípios priorizados pelo RS
Seguro.

Na solenidade realizada no Centro Administrativo Fernando Ferrari (Caff), na capital,
foram entregues ainda 41 viaturas e 1.043 coletes balísticos adquiridos por meio da
Consulta Popular de 2018 para 83 municípios que elegeram essa necessidade como
prioritária. São 37 Palio weekend e quatro picapes Hilux, em um investimento total de
R$ 3.842.150,00. Os coletes custaram R$ 845.864,06.

Durante o evento, foi assinado o decreto que institui a Operação Verão RS 2020, com
deslocamento de efetivo de todas as instituições vinculadas à SSP, além de mais de 30
outras secretarias de Estado, órgãos e entidades, para reforçar os serviços no Litoral
durante o veraneio. ...

DNIT alerta para serviços de manutenção nas BR-116 e BR-471, no Rio Grande do Sul


O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) alerta que serão
realizados serviços de manutenção na BR-116 e na BR-471, nos dias 4 e 9 de novembro,
conforme o trecho.

Os locais contam com sinalização, visando à segurança e orientação aos usuários. Em
caso de chuva, os serviços de recuperação de pista serão adiados. Confira abaixo a
programação de cada trecho:

BR-116/RS

(04 a 09 - das 8h30 às 16h30)

- km 231 ao km 233 (Ivoti/Estância Velha) - Serviço de fresagem e recomposição do
pavimento, em ambos os sentidos;

- km 235 ao km 270 (Estância Velha a Porto Alegre) - Serviço de coleta de lixo, pneus e
pequenos animais, em ambos os sentidos;

- km 241 ao km 251(Novo Hamburgo a São Leopoldo) - Serviço de roçada nas laterais e
canteiro central da rodovia, limpeza de meio fio e dispositivos de drenagem; em ambos
os sentidos;

- km 243 ao km 247 (São Leopoldo) - Serviço de fresagem e recomposição do
pavimento, em ambos os sentidos;

- km 260 ao km 262 (Canoas) - Serviço de fresagem e recomposição do pavimento, em
ambos os sentidos.

(04 a 09 - das 8h às 17h)

- km 276,5 ao km 299,4 (Porto Alegre a Guaíba) - Serviços de conservação e
restauração do pavimento, em ambos os sentidos;

- km 299,4 ao km 400,5 (Guaíba a Camaquã) – Serviços de conservação, sentido
capital/interior;

- km 285 ao km 300,5 (Guaíba e Eldorado do Sul) – Serviço de microrrevestimento,
sentido interior/capital.

BR-471/RS

(04 a 09 - das 8h às 18h)

- km 153 ao km 203 (Santa Cruz do Sul/ Pantano Grande) - Serviços de conservação da
rodovia (roçada, capina e limpeza);

- km 180 (Trevo de Rio Pardo) – Intervenção no trevo (melhorias operacionais);

- km 159 ao km 183 (Rio Pardo) - Serviços de microrrevestimento.

...

Especialista aborda cenário da inovação no Hospital Moinhos de Vento


“A mágica acontece fora da zona de conforto”. Essa foi uma das principais ideias trazidas
pelo superintendente de Inovação e Desenvolvimento da PUCRS, Jorge Audy, nesta
sexta-feira, 1º, em palestra no Hospital Moinhos de Vento. Presidente da Comissão
Nacional do PNPG/CAPES, ele participou do seminário “Inovação e Geração de Startups
na Área de Saúde no Brasil”, que foi promovido pelo Núcleo de Apoio à Pesquisa (NAP).

Com moderação do coordenador Institucional de Pesquisa do Moinhos de Vento, Paulo
Pitrez, o seminário também teve como debatedores o responsável pela telemedicina do
Moinhos de Vento, Felipe Cezar Cabral, e a analista de Novos Negócios do hospital, Paula
Fogliatto.

Durante sua palestra, Jorge Audy traçou um panorama do cenário da inovação em
diversos países desenvolvidos. De acordo com o especialista, esses negócios têm por
essência um grau de risco e passam, principalmente, por três importantes fatores:
pessoas, visão de futuro e liderança, além da criatividade e da imaginação.

"Estamos vivendo um período de grandes e profundas transformações e muitas vezes
não percebemos", disse. Nesse contexto, segundo Audy, ainda existem elementos como
a volatilidade, pois a frequência das mudanças demandam rápidas reações, e a
incerteza, que leva a imprevisibilidade de cenários. "A complexidade crescente do
mundo interconectado também precisa ser considerada", analisou. A atividade foi
realizada no Anfiteatro Schwester Hilda Sturm, do Hospital Moinhos de Vento.


Crédito das fotos: Juarez Sant Anna/Divulgação HMV ...

Defesa Civil de Butiá atendeu aproximadamente 50 chamados nos últimos dias


A noite da última quarta-feira (30) foi de muito trabalho para a Defesa Civil e Secretaria
Municipal de Obras e Saneamento (SMOS), devido a forte chuva que atingiu o município de
Butiá. De acordo com dados do escritório local da Emater / RS, somente na última noite
choveu 48 milímetros. O acumulado da semana é de 122 milímetros. As equipes da
Prefeitura Municipal seguem nas ruas para solucionar os transtornos.

Segundo a coordenadora da Defesa Civil, Fernanda Pedebos, aproximadamente 50
chamados foram atendidos na última noite e madrugada desta quinta-feira. Além disso,
Pedebos afirmou que as famílias atingidas estão necessitando de doações, principalmente,
de cobertas e alimentos. Os pontos de coleta são a Prefeitura de Butiá ou na Rádio Sobral. ...

Governador sanciona Lei que proíbe cobrança por emissão de boletos bancários


De autoria do deputado Pedro Pereira (PSDB) e aprovado na Assembleia Legislativa, o
Projeto de Lei que proíbe a cobrança por emissão de carnês e boletos bancários, foi
sancionado nesta quinta-feira (31), pelo governador Eduardo Leite. “É uma Lei que vai
beneficiar todos os gaúchos e gaúchas, os consumidores. A famosa taxa dos boletos está
proibida no Rio Grande do Sul”, comemorou Pedro Pereira.

A Lei n° 15.354 foi assinada por Eduardo Leite e Pedro Pereira, em uma solenidade que
ocorreu no Salão Negrinho do Pastoreio, no Palácio Piratini, em Porto Alegre. De acordo
com o texto, “fica vedada, sob qualquer título, a cobrança de valores referentes à emissão
de carnê ou boleto bancário pelas empresas fornecedoras de produtos ou serviços aos
consumidores no âmbito do Estado do Rio Grande do Sul”.

Na prática, as imobiliárias, academias, lojas de departamento, concessionárias, financeiras,
entre tantas outras empresas, não poderão cobrar dos consumidores, qualquer valor, pela
emissão do documento. “Essa cobrança é ilegal e agora, se houver, os gaúchos e gaúchas,
podem e devem denunciar aos órgãos de defesa dos consumidores, o Procon” orientou
Pedro Pereira. ...

Defesa Civil alerta para inundações, principalmente na bacia do rio Jacuí nos vales


A Defesa Civil estadual emitiu, na tarde desta sexta-feira (1°/11), alerta de inundação para
as bacias dos rios Quaraí, Santa Maria, Negro, Mirim-São Gonçalo, Camaquã, Vacacaí-
Vacacaí Mirim, Baixo Jacuí, Guaíba, Gravataí, Sinos, Caí, Taquari-Antas e Pardo.

Nessas bacias, os principais rios devem seguir apresentando picos de cheia nos próximos
dias em razão do deslocamento das ondas de cheia para as regiões mais baixas.

Destaque para o Jacuí na região dos Vales e Região Metropolitana, com possíveis
transtornos nos trechos próximos aos municípios de General Câmara, Triunfo,
Charqueadas, São Jerônimo e região das ilhas. ...

Eldorado do Sul terá Laboratório Digital


O prefeito Ernani Gonçalves, o vice-prefeito Ricardo Alves e os secretários municipais Fábio
Leal, João Ferreira e Rodrigo Silveira participaram na terça-feira (22) da cerimônia de
inauguração do Dell Digital Labs, promovido pela Dell Technologies. Esse espaço de
trabalho é inspirado em startups e gigantes de tecnologia do Vale do Silício e acomoda
equipes de Tecnologia da Informação, que irão trabalhar no desenvolvimento de soluções
inovadoras. O Brasil é o quarto país no mundo a receber esse laboratório digital que está
situado no município de Eldorado do Sul.

O prefeito Ernani Gonçalves, durante seu pronunciamento no evento, enfatizou a
importância da Dell para o município. “É uma satisfação enorme estar participando deste
momento. A Dell tem sido excelente parceira da Prefeitura de Eldorado do Sul e contribui
para o desenvolvimento da região e da nossa sociedade. Quero reafirmar o nosso
compromisso como gestor dessa cidade e dizer que em tudo aquilo que for possível, em
prol do bem-estar e do desenvolvimento dessa grande empresa, nós estaremos presentes”,
afirmou. ...




Edição n° 197 - Novembro de 2019

Selecionar Edição
  • Edição n° 197
  • Edição n° 196
  • Edição n° 195







  • Av. Roque J. O. Giacomelli, nº 542, Pq. Eldorado - Eldorado do Sul - Fone (51) 3481 1821