Eldorado do Sul, Guaíba e Região Carbonífera, 21 de Setembro de 2018. Página Inicial | Contato
SEÇÕES
Artigo
Educação
Eldorado do Sul
Especial
Geral
Guaíba
Produtos e Serviços
Região Carbonífera
Saúde
Flagrante na Foto
Anunciantes
LINKS
Portal Eldorado
Lantec
Envie sua Mensagem

Você é o visitante n°
25856422


Edicão n° 183 de Setembro 2018


ESPECIAL

Hospital de Butiá recebe novo aparelho de raio-x


Um antigo sonho da comunidade e da Administração Municipal se tornou realidade na tarde
desta quarta-feira (29). O novo aparelho de raio-x do Hospital Municipal de Butiá já está à
disposição dos pacientes que buscam atendimento na casa hospitalar do munícipio. Após as
obras necessárias de adequação, o moderno equipamento está instalado e em funcionamento.
Ao todo, foram investidos R$ 60 mil, sendo da Prefeitura Municipal e da empresa Copelmi
Mineração.
Em ato simbólico de inauguração o prefeito de Butiá, Daniel Almeida, lembrou que a chegada
do novo raio-x era um desejo da população butiaense. Além disso, Almeida agradeceu pelo
empenho de todos que de alguma forma auxiliaram para que o sonho se tornasse realidade,
em especial a empresa Copelmi, que realizou a doação de R$ 26 mil. “Foram longos anos de
luta para que esse dia chegasse. Nós corremos atrás, buscamos parcerias. Lembro
perfeitamente de toda essa jornada enquanto ainda era vereador. Enfrentamos muita
burocracia, mas aqui está o resultado. Vamos seguir investindo na saúde, pois essa é uma
das nossas prioridades”, afirmou Daniel.
Além das adequações na sala de raio-x, mais serviços acabaram sendo desenvolvidos ao
longo do período de obras, como por exemplo a acessibilidade nos banheiros e reformas em
algumas salas. O secretário municipal de Saúde, Paulo Almeida, destacou que é feito um
grande esforço para manter e aperfeiçoar o atendimento no Hospital Municipal. “Tenham
certeza que são poucos os municípios que estão dispostos e conseguem manter um hospital
aberto. Apesar de todas as dificuldades, nosso hospital segue de portas abertas para atender
a comunidade”, explicou o secretário.
De acordo com o diretor da instituição, Edson Martinez, a chegada do novo equipamento irá
beneficiar Butiá, Minas do Leão e os usuários da rodovia BR-290, que necessitam de suporte
em casos de acidentes. “Após muita burocracia e agora com todos os laudos, estamos
entregando o novo aparelho. É fundamental, pois somos referência neste tipo de exame”,
concluiu.
O representante da empresa Copelmi, Izor Espinoza, secretários municipais, vice-prefeito,
entidades comunitárias, imprensa, autoridades e vereadores acompanharam o ato.
...

Procon RS alerta para novas medidas na área de telefonia móvel


O Procon RS orienta que os consumidores que ganharem um aparelho de celular, mesmo usado,
solicitem a nota fiscal de compra do produto para que não corram o risco de terem o
equipamento bloqueado. Isso porque a Anatel lançou o programa Celular Legal, que tem por
objetivo fortalecer o combate a celulares adulterados, roubados e extraviados e inibir o uso de
aparelhos não certificados pela Anatel. A partir de 23 de setembro de 2018, consumidores do Rio
Grande do Sul que tentarem ativar aparelhos celulares em situação irregular não conseguirão
utilizá-los.

A principal novidade do projeto é a implantação de um sistema informatizado – parceria entre
prestadoras, fabricantes e a Anatel – que identifica os celulares irregulares em uso na rede. Com
isso, o uso de novos celulares nas redes brasileiras só vai ser permitido se os aparelhos
estiverem em situação regular.

Consumidores que conectarem à rede aparelhos irregulares após essas datas serão notificados
por mensagens SMS e, após 75 dias, o aparelho não irá mais funcionar nas redes de
telecomunicações. Os aparelhos hoje incluídos na lista nacional de terminais irregulares por
roubo, furto ou extravio continuarão impedidos de acessar a redes móveis nacionais. ...

Comitiva de SC vem ao estado conhecer a experiência da Operação Desmanche


O trabalho desenvolvido pela força-tarefa Desmanche despertou o interesse do governo de Santa
Catarina. Uma comitiva, formada por representantes dos órgãos da Segurança Pública e do
Ministério Público catarinense, conheceu o modelo desenvolvido no Rio Grande do Sul e
acompanhou os trabalhos da 71ª Operação Desmanche, que ocorreu nesta terça-feira (18), em
Santa Cruz do Sul.

O objetivo da visita é conhecer a experiência do RS e analisar as possibilidades de
implementação de uma ação similar em SC. Na segunda-feira (17), a coordenação da força-
tarefa detalhou o funcionamento da iniciativa, abrangendo da elaboração alterações legislativas
necessárias para o início das atividades à metodologia de escolha dos alvos e de monitoramento
dos desmanches irregulares.

Após compreenderem a dinâmica de trabalho utilizada pelos agentes, o grupo acompanhou a
realização de uma edição da operação. Um estabelecimento foi interditado e aproximadamente
20 toneladas de sucata automotiva foram apreendidas no município do Vale do Rio Pardo, nesta
quarta-feira.

Desde sua primeira edição, em fevereiro de 2016, a operação já resultou na interdição de 104
locais, na apreensão de mais de cinco mil toneladas de sucata automotiva e na prisão de 65
pessoas. ...

Governo apresenta a prefeituras o plano de prevenção contra cheias


Garantir a segurança de quem vive em municípios que sofrem com alagamentos e enchentes
é a meta de um projeto apresentado nesta terça-feira (18), no Palácio Piratini. O Plano
Metropolitano de Prevenção contra Cheias vai contemplar 32 municípios da Região
Metropolitana de Porto Alegre. Por isso, os estudos de concepção – que são a primeira etapa
do cronograma – foram entregues às prefeituras.

O plano se concentra em quatro grandes áreas, historicamente afetadas por cheias: Bacia do
Rio Gravataí, Bacia do Rio dos Sinos, Sub-bacia do Arroio Feijó e Delta do Jacuí. Os estudos
da Fundação Estadual de Planejamento Metropolitano e Regional (Metroplan) foram feitos
duraram três anos e apresentam alternativas, com seus respectivos custos, para reduzir os
efeitos dos desastres naturais.

Os mapeamentos foram possíveis porque o governo estadual buscou recursos junto à
Secretaria Nacional de Saneamento Ambiental, do Ministério das Cidades. Até agora, foram
investidos cerca de R$ 17 milhões de um total de R$ 258 milhões. As verbas serão utilizadas
conforme o andamento das próximas etapas, que já seriam de intervenção estrutural, mas
que ainda não têm data definida para começar. Neste momento, as informações vão servir,
por exemplo, para saber onde pode e não pode haver expansão urbana, loteamentos, obras
de contenção e construção de diques.

As ações devem beneficiar cerca de três milhões de pessoas da Região Metropolitana. O
governador José Ivo Sartori destacou que é preciso haver gestão no serviço público para
beneficiar a população: “Os estudos mostram onde estão as carências das ações e o que
precisamos fazer para reduzir os danos. Quando não se planeja nada, o custo é muito alto
para remediar. Preparar o amanhã é muito mais barato. Então, quando a gente junta os
esforços dos governos federal, estadual e municipal, quem sai ganhando é o cidadão”.

Segundo o superintendente da Metroplan, Pedro Bisch Neto, é uma importante ferramenta
para que o estado e os municípios se preparem para prevenir catástrofes. “Mostram as zonas
de alagamento, a frequência e a intensidade das enchentes, as áreas que precisam ser
preservadas para evitar danos ao patrimônio e, principalmente, às pessoas. E o mais
importante é que, pela primeira vez, estamos dizendo qual é o custo de não fazer nada.
Calculamos que, se nada for feito, o prejuízo chegará a R$ 5 bilhões na Bacia do Gravataí e a
R$ 7 bilhões na Bacia dos Sinos nos próximos 30 anos. As obras que estamos sugerindo
custam muito menos do que isso”, explicou Bisch Neto.

Durante os três anos de estudos, houve mais de 160 reuniões com as prefeituras das cidades
impactadas. Para chegar ao diagnóstico, foram usadas técnicas como o aerofotogramétrico
(sequência de fotos aéreas para fins de mapeamento) e o levantamento topobatimétrico (que
avalia a profundidade dos cursos d’água). Para o prefeito de Cachoeirinha, Miki Breier, o
levantamento das informações é fundamental: “Temos que mapear os locais de risco, há
muitas pessoas morando em margens de arroios, por exemplo. Se isso tivesse sido feito há
20 ou 30 anos, teríamos muito menos problemas hoje”, afirmou. ...

Fepam assina termo de compromisso para logística reversa de baterias automotivas


A secretária Ana Pellini assinou, nesta segunda-feira (17), termo de compromisso para o
cumprimento da logística reversa da cadeia de baterias chumbo-ácido no Rio Grande do Sul.
Firmado entre a Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) e o Instituto Brasileiro de
Energia Reciclável (Iber), o acordo cumpre as diretrizes estabelecidas pela Política Nacional de
Resíduos Sólidos. "É uma honra para nós definirmos esse compromisso, tendo em vista a
importância de garantir a destinação ambientalmente adequada no RS", destacou a diretora-
presidente da Fepam. Com a assinatura, o Estado torna-se o terceiro no país a firmar acordo
com o Iber. São Paulo e Paraná também já assinaram o acordo.

De acordo com dados da Associação Brasileira de Baterias Automotivas e Industriais
(Abrabat), pelo menos 42 mil toneladas de bateriais chumbo-ácido inservíveis são recicladas
por ano no RS. A diretora-executiva do Iber, Amanda Schneider, alerta, no entanto, que ainda
não existe um controle total sobre o processo. "Na prática, (a logística reversa) já acontece,
mas não se sabe se essas baterias estão recebendo a destinação adequada", alerta. A meta é,
até 2021, dar o destino correto para 90% de todas as baterias inservíveis de chumbo-ácido
do RS.

As baterias chumbo-ácido são utilizadas em veículos automotores, motocicletas e
equipamentos industriais. Elas diferem de pilhas e baterias portáteis por conter substâncias
tóxicas, como dióxido de chumbo e ácido sulfúrico. Segundo o diretor do Departamento de
Licenciamento e Controle da Fepam, Renato Chagas, o cumprimento da logística reversa visa
a evitar a ocorrência de prejuízos ao meio ambiente. "Estamos tratando de baterias com
chumbo, que é um metal pesado e tóxico. Se não tratado de forma correta, contamina o meio
ambiente, formando áreas de passivo ambiental", alerta o engenheiro químico.

O termo de compromisso estabelece uma cooperação entre diversos atores para garantir o
cumprimento do acordo. Os comerciantes de baterias que aderirem ao acordo serão
responsáveis por recebê-las em pontos de coleta. As empresas distribuidoras, por sua vez,
devem recolher os produtos nos pontos de coleta e armazená-los. Caberá aos fabricantes e
importadores a tarefa de fazer a reciclagem e destinar os rejeitos. Todas as etapas devem
respeitar as normas técnicas.

As informações sobre as baterias recolhidas devem ser encaminhadas ao Iber. O instituto será
responsável por divulgar na internet os pontos de coleta, as transportadoras cadastradas e as
empresas que farão o destino adequado. Esses dados serão compilados em relatórios anuais
que devem ser apresentados à Fepam. Caberá à fundação a responsabilidade de exigir de
comerciantes, distribuidoras, fabricantes e importadores o cumprimento da logística reversa.
O Estado também deverá dar apoio técnico e suporte na divulgação das ações. ...

Adolescentes da Fase confeccionam bonecas para crianças do Instituto do Câncer Infantil


O Centro de Internação Provisória Carlos Santos (CIPCS) da Fundação de Atendimento Sócio-
Educativo (Fase) promove anualmente uma campanha solidária em prol dos pacientes com
câncer. Este ano, o foco está nas crianças atendidas pelo Instituto do Câncer Infantil. “Nossos
adolescentes são motivados a participar ativamente do trabalho voluntário nas oficinas do
CIPCS, que leva a refletir sobre as dificuldades enfrentadas por cada pessoa e sobre como é
possível sermos solidários com a dor do outro”, destacou o diretor da unidade, Mauricio Pozolo.
Para isso, os adolescentes do CIPCS confeccionam as “Naninhas”, como são chamados os
bonecos produzidos em tecido colorido, recheados com pluma anti-antialérgica, com pernas,
braços e orelhas destacáveis para que as crianças possam brincar com as combinações. “Nossa
meta é confeccionar e entregar 220 Naninhas agora no mês de outubro ao Instituto”, disse
Pozolo, convidando colegas e parceiros que ainda queiram colaborar na campanha, tanto na
confecção, quanto com a doação de materiais.

As oficinas ocorrem quatro vezes por semana, beneficiando 20 adolescentes divididos em quatro
turmas. Nelas, os jovens estão riscando, cortando e costurando 440 corpos, 880 braços e
pernas, 440 orelhas, 220 rabos, 440 olhos e 220 narizinhos, que depois de todas as etapas
formarão o total de Naninhas que será entregue. Os materiais utilizados são bastante variados
como plumante de silicone, tecidos coloridos, linha, botões de pressão, feltro preto, embalagens
de celofane e fitas para presente. ...

Gestão é receita das escolas estaduais melhor avaliadas no Ideb


Só na manhã desta quinta-feira (5) a diretora Daniela Polidoro soube que sua escola, a EEEF
Orestes Manfro, de São Marcos, obteve o melhor desempenho da rede do Estado, nos Anos
Finais, no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) de 2017. A nota 7 superou
todas as instituições de ensino privadas e da rede pública do Rio Grande do Sul. Embora
estivesse ansiosa na quarta (4) para saber o resultado da prova, a expectativa não a tirou do
trabalho. Enquanto o Ministério da Educação divulgava as notas de todo o Brasil, Daniela
estava em Caxias, onde acompanhava uma de suas turmas em um trabalho de pesquisa de
campo.

"Estou muito feliz, é um reconhecimento que estamos no caminho certo. A meta é melhorar
para o ano que vem", disse a diretora. No ano passado, a escola de São Marcos, na Serra, já
havia conquistado o prêmio. O que faz a escola de um município de pouco mais de 20 mil
habitantes conseguir ter um início tão qualificado? Para a diretora, são duas explicações
básicas: engajamento da comunidade e gestão escolar. No ano passado, ela participou do
curso oferecido pela Secretaria da Educação (Seduc) para qualificar gestores escolares. "A
gente sempre aprende novas técnicas, novas maneiras de qualificar o trabalho. Todo mundo
deveria fazer", sugere.

A verba que ela recebe para manter a Orestes Manfro é a mesma das outras escolas
estaduais do mesmo tamanho - são 236 alunos. Ela admite que "dinheiro não sobra", mas na
base da criatividade e com apoio de pais e alunos, a diretora se desdobra. Professora de
Educação Física e de Anos Iniciais, Daniela conta que trata a escola "como se fosse meu
patrimônio, uma extensão da minha casa". Manter a escola bonita e funcionando, ensina a
diretora, estimula os alunos. "A escola em boas condições gera em professores, alunos e toda
a comunidade escolar um sentimento de pertencimento. Assim, todos cuidam mais".

A formação que trouxe resultados para a gestão da escola foi resultado de um convênio
firmado no ano passado entre o governo do Estado e o Sistema S, que disponibilizou cursos
técnicos na área de logística, qualidade e recursos humanos, de 800 horas-aula (EAD).

"Claro que há problemas estruturais que precisam ser corrigidos, pois temos escolas com
mais de 50 anos que nunca receberam manutenção adequada. Mas é preciso investir em
gestão. Só assim teremos diretores mais capacitados à frente das escolas", afirma o
secretário da Educação, Ronald Krummenauer.

Para a diretora do Departamento Pedagógico da Seduc, Sônia Rosa, o incentivo às formações
docentes, a construção do Referencial Curricular Gaúcho e os investimentos em infraestrutura
contribuirão para que cada vez mais escolas atinjam as metas propostas. "A partir de um
novo conceito de currículo, conectado com a realidade do século 21, poderemos intervir de
forma positiva e qualificar o ensino gaúcho", projeta.

Surpresa

Em Vacaria, na Serra, uma escola de madeira, fundada em 1961 e que ainda aguarda a
construção de ginásio e refeitório, teve o melhor desempenho no Ideb nos Anos Iniciais. A
média de 8,3 surpreendeu a diretora da EE Dalva Zanotto de Lemos, Helena Doris Fialho
Pinotti. "Nos empenhamos muito, eu estava na expectativa de uma nota boa, mas confesso
que não imaginava um desempenho tão bom. Mérito dos professores, dos alunos, de toda a
comunidade escolar", ressalta.

Ela participou no ano passado do curso semipresencial de Gestão Educacional oferecido pela
Seduc, em parceria com a Urfgs. Em seu primeiro mandato à frente da escola, tem
conseguido excelente desempenho. "A gente aprende muito, e é preciso fazer formações
constantemente para poder desenvolver uma metodologia de trabalho adequada aos alunos",
avalia. Segundo ela, a boa nota se deve ao fato de a escola estimular nos alunos "o raciocínio,
a leitura, o esporte e a parte artística". Desde o ano passado, em parceria com o Sesi, a
Seduc oferece o Curso de Gestão para Educação de Qualidade. São 40 horas também na
modalidade EAD.

Ainda em 2018, a Seduc oferecerá curso de qualificação obrigatório para os diretores de
escolas que irão assumir a gestão dos 2.5 mil estabelecimentos de ensino do Estado ainda no
final deste ano. O objetivo é trazer informações sobre o funcionamento da Seduc, a partir dos
departamentos de Planejamento, Administrativo, Recursos Humanos e Pedagógico, além de
conteúdo voltado para a liderança e comunicação (media-training). A carga horária será de
120 horas - três etapas -, sob a forma de Ensino à Distância (EAD), em plataforma digital.

Ranking

As escolas estaduais Dionisio Lothario Chassot, de Tapera, e Dalva Zanotto de Lemos, de
Vacaria, empataram nas primeiras colocações nos anos iniciais do ensino fundamental com
8,3 pontos cada uma, entre 1.099 escolas avaliadas. A média nacional nos anos iniciais foi de
6,0 pontos. Nos anos finais do ensino fundamental, com meta estabelecida de 5,0 pontos,
entre 800 escolas avaliadas, a escola Orestes Manfro, de São Marcos, com 7,0 pontos, e a
escola Afonso Pena, de Frederico Westphalen, com 6,9 pontos, foram as melhores colocadas.

A média nacional nos anos finais foi de 4,5 pontos. No ensino médio da rede estadual, foram
avaliadas 340 escolas, sendo que 33 estabelecimentos atingiram a meta proposta de 4,8
pontos. É o caso do colégio Tiradentes, de Passo Fundo, com 6,6 pontos e o colégio
Tiradentes de Porto Alegre, com 6,4 pontos. A meta nacional para o ensino médio, foi de 3,5
pontos.

Veja o ranking:

Ensino Fundamental (Anos Iniciais) - meta 5,8 pontos

1º Escola Dionisio Lothário Chassot – Tapera – IDEB 8,3
Escola Dalva Zanotto de Lemos – Vacaria – IDEB 8,3
2º Escola Carlos Fetter – Farroupilha – IDEB 8,0
Escola Joaquim Gonçalves - Mormaço - IDEB 8,0
3º Colégio Vicente de Carvalho – Dois Lajeados – IDEB 7,8
Escola Professora Adelina Zanchi – Faxinal do Soturno – IDEB 7,8
Escola Rui Barbosa – Ijuí - IDEB 7,8
Escola José Canellas – Pinheirinho do Vale - IDEB 7,8
4º Escola Cardeal Leme – Barra do Rio Azul – IDEB 7,7
Escola José Farina – Bento Gonçalves – IDEB 7,7
Colégio Professor Mantovani – Erechim - IDEB 7,7
Escola Afonso Pena- Frederico Westphalen – IDEB 7,7
Escola João Wagner – Morro Reuter – IDEB 7,7
Escola Poncho Verde – Panambi – IDEB 7,7
Escola São Valentim - São Valentim – IDEB 7,7
Escola Padre Manoel Gonzales – Sarandi – IDEB 7,7

5º Instituto de Educação Assis Brasil – David Canabarro – IDEB 7,6
IE Gomercinda Dornelles Fontoura – Encruzilhada do Sul- IDEB 7,6
Escola Padre Manoel da Nobrega – Getúlio Vargas – IDEB 7,6
Escola Professor Antônio Barella – Novo Machado – IDEB 7,6
Escola Orestes Manfro - São Marcos – IDEB 7,6
6º Instituto de Educação Felipe Roman Ros – Arvorezinha – IDEB 7,5
Escola Cardeal Arcoverde - Carlos Barbosa – IDEB 7,5
Escola Barão do Rio Branco – Catuípe – IDEB 7,5
Escola Barragem do Rio Passo Fundo - Entre Rios do Sul – IDEB 7,5
Instituto de Educação Olívia Lahm Hirt – Igrejinha – IDEB 7,5
Colégio Carlos Alberto Ribas – Jaguarão – IDEB 7,5
Escola Bom Pastor – Planalto – IDEB 7,5
Escola Ernesto Alves de Oliveira – Santa Cruz do Sul – IDEB 7,5
Escola Padre Vicente Rodrigues – São Vicente- IDEB 7,5
Escola Dr. José Bisognin – Severiano de Almeida – IDEB 7,5
Escola Valeriano Ughini - Tapejara – IDEB 7,5
7º Escola de Brasília – Bom Retiro do Sul – IDEB 7,4
Escola Nossa Senhora da Paz – Campinas do Sul – IDEB 7,4
Escola Irmão Andradas - Canguçu – IDEB 7,4
Escola Professor Targa – Flores da Cunha – IDEB 7,4
Escola São Rafael - Flores da Cunha – IDEB 7,4
Escola Madre Teresa – Seberi – IDEB 7,4
Escola José Antônio Ferronato – Três Palmeiras – IDEB 7,4
Escola Davi Bortoli – Tucunduva – IDEB 7,4
Escola São Luiz – Venâncio Aires – IDEB 7,4

8º Escola Luiz Fornasier – Bento Gonçalves – IDEB 7,3
Escola Piratini – Charqueadas – IDEB 7,3
Escola 10 de Setembro – Dois Irmãos – IDEB 7,3
Escola Cardeal Roncalli - Frederico Westphalen – IDEB 7,3
Escola Onze de Agosto – Nova Prata – IDEB 7,3
Escola Dr. Roberto Low – Nova Ramada – IDEB 7,3
Colégio Divino Mestre – Paraí – IDEB 7,3
Escola Ângelo Furian - Pejuçara – IDEB 7,3
Escola Uruguai – Porto Alegre- IDEB 7,3
Escola Prof. Affonso Pedro Rabuske – Santa Cruz do Sul - IDEB 7,3
Instituto de Educação Rui Barbosa - São Luiz Gonzaga- IDEB 7,3
Escola Professor Firmino Cardo Júnior – São Pedro do Sul – IDEB 7,3

9º Escola Caiçara- Caiçara- IDEB 7,2
Escola Hug Oscar Spohr - Canudos do Vale - IDEB 7,2
Escola Dom Vital - Carlos Barbosa - IDEB 7,2
Escola Padre Traezel - Cerro Largo - IDEB 7,2
Escola Agostinha Dill – Condor – IDEB 7,2
Escola Farrapos - Encantado – IDEB 7,2
Colégio São Tiago – Farroupilha – IDEB 7,2
Escola Otávio Bos – Giruá – IDEB 7,2
Escola Duque de Caxias – Lagoa Vermelha – IDEB 7,2
Escola Pindorama – Panambi – IDEB 7,2
Escola Olintho de Oliveira - Porto Alegre – IDEB 7,2
Escola República Argentina - Porto Lucena – IDEB 7,2
Escola Bruno Agnes - Santa Cruz do Sul – IDEB 7,2
Escola Professor Osmar Poppe - São Luiz Gonzaga – IDEB 7,2
Escola Leonardo Fritzen – São Vedelino – IDEB 7,2
Escola Almirante Tamandaré - Tramandaí= IDEB 7,2
Escola Paraguaçu - Vera Cruz- IDEB 7,2
10º
Instituto Educação Conego Luiz Walter Hanquet- Camaquã – IDEB 7,1
Escola Marques de Caravelas – Carazinho – IDEB 7,1
Escola Santa Catarina – Caxias do Sul – IDEB 7,1
Colégio Imigrante- Caxias do Sul – IDEB 7,1
Escola Rondônia - Centenário- IDEB 7,1
Escola José Ferreira Ramos- Gaurama – IDEB 7,1
Escola Ijuí- Ijuí – IDEB 7,1
Escola Castro Alves – Machadinho – IDEB 7,1
Escola Mariano Moro- Mariano Moro –IDEB 7,1
Escola José Benincá – Nova Esperança do Sul – IDEB 7,1
Instituto de Educação Tiradentes – Nova Prata- IDEB 7,1
Escola Luiza Formighieri – Paim Filho – IDEB 7,1
Instituto de Educação São Francisco Xavier – Porto Xavier –IDEB 7,1
Escola Menino Deus – Quinze de Novembro – IDEB 7,1
Escola Erico Verissimo – Roque Gonzalez - IDEB 7,1
Colégio João de Castilho – Salvador das Missões- IDEB 7,1
Gaspar Bartholomay – Santa Cruz do Sul – IDEB 7,1
Escola Nossa Senhora do Rosário – Santa Cruz do Sul – IDEB 7,1
Escola Thomas Fortes – Santiago – IDEB 7,1
Escola Alfredo Westphalen – Seberi – IDEB 7,1
Escola Mauricio Cardoso – Soledade- IDEB 7,1
Escola José Zanata- Turuçu do Sul –IDEB 7,1
Escola Justino Alberto Tietboehl – Torres – IDEB 7,1
Escola Jerônimo Mesquita – Vera Cruz – IDEB 7,1


Ensino Fundamental (Anos Finais) - meta 5,0 pontos

1º Escola Orestes Manfro – São Marcos – IDEB 7,0
2º Escola Afonso Pena - Frederico Westphalen – IDEB 6,9
3º Escola Antônio de Souza Neto – Flores da Cunha – IDEB 6,8
4º Escola Vicente de Carvalho – Dois Lajeados - IDEB 6,7
5º Escola Alfredo Ferrari- Saldanha Marinho – IDEB 6,6
6º Escola Irmão Getúlio – Vacaria – IDEB 6,5
7º Escola Santana – Antônio Prado – IDEB 6,4
Escola Presidente Costa e Silva - Áurea – IDEB 6,4
Escola Fundação PIO XII – Bom Principio – IDEB 6,4
Colégio Alexandre de Gusmão – Montauri – IDEB 6,4
Colégio Estadual Sananduva – Sananduva – IDEB 6,4
Escola Professor Firmino Cardoso Junior – São Pedro do Sul – IDEB 6,4

8º Escola Rui Barbosa – Ijuí – IDEB 6,3
Escola Uruguai – Porto Alegre – IDEB 6,3

9º Escola Coronel Januário Correa – Montenegro – IDEB 6,2
Escola Vicente Guerra – Nova Alvorada – IDEB 6,2
Escola Ângelo Granzotto - Sananduva – IDEB 6,2
10º Escola Matilde Gehlen – Arvorezinha – IDEB 6,1
Escola Cardeal LEME- Barra do Rio Azul – IDEB 6,1
Escola Carlos Gomes- Carlos Gomes – IDEB 6,1
Escola São José – Nova Petrópolis – IDEB 6,1
Escola Professora Carmen Scotti Pacheco – São José do Ouro – IDEB 6,1

Ensino Médio - meta 4,8 pontos
1º Colégio Tiradentes da Brigada Militar- Passo Fundo – IDEB 6,6
2º Colégio Tiradentes – Porto Alegre- IDEB 6,4
3º Colégio Tiradentes de Santa Maria – Santa Maria – IDEB 6,2
4º Colégio Tiradentes de Ijuí- Ijuí – IDEB 6,1
Colégio Tiradentes de Pelotas – Pelotas – IDEB 6,1
5º Escola 1º de Maio – Nova Petrópolis – IDEB 5,9
6º Escola Madre Madalena – São José do Inhacorá – IDEB 5,6
7º Escola São Lourenço – Coronel Pilar – IDEB 5,4
Escola Frederico Benvegnu – São Domingos do Sul – IDEB 5,4
Colégio Tiradentes de São Gabriel- São Gabriel – IDEB 5,4
Escola Conego Josué Bardin – Vanini – IDEB 5,4

8ª Escola Campos Sales – Floriano Peixoto – IDEB 5,3
Escola Joaquim José da Silva Xavier – Lagoa dos Três Cantos – IDEB 5,3
Escola Gottfried Thomas Westerich – Novo Xingu – IDEB 5,3

9º Escola Jacob Hoff – Harmonia – IDEB 5,1
Escola Padre Vicente Rodrigues – Santa Tereza – IDEB 5,1

10º Instituto de Educação Assunta Fortini – Barão – IDEB 5,0
Escola Casimiro de Abreu – Caseiros – IDEB 5,0
Escola Dante Grossi – Garibaldi – IDEB 5,0
(Fonte - Ideb-Seduc) ...

Procon RS alerta sobre os recalls de setembro


A Roche Diagnóstica Brasil Ltda promove campanha de chamamento para dos dispensadores
de reagente da série IHC/ISH usados nos instrumentos da marca Roche, modelo BenchMark.
A empresa constatou que os dispensadores de reagentes estavam com vazamento e não
aderência. Os problemas podem resultar em falha completa ou parcial de um reagente crítico
para a reação de coloração e isso poderia causar confusão diagnóstica, atraso no diagnóstico
ou até um diagnóstico falso-negativo. Por essa razão, a Roche recomenda uma revisão
retrospectiva e um reteste (se aplicável) de casos clínicos envolvendo o dispensador. Confira o
resumo da empresa, conforme tabela abaixo:

Nome do Produto

Código Roche (GMMI)

Lotes Afetados

Lotes Afetados Previamente Comunicados

OptiView DAB IHC Detection Kit

06396500001

E00119

Y19271, Y11625, Y15571

ultraView Universal DAB Detection Kit

05269806001

Y25695

Y09284,Y18099, Y11687,Y17984, Y19302, Y18069

CINtec PLUS Cytology Kit (CE-IVD)

06889565001

None

Y18107

OptiView Amplification Kit

06396518001

None

Y15435, Y19322

ultraView SISH DNP Detection Kit

05907136001

Y26299



Hematoxylin II

05277965001

None

Y13938, Y17402

ISH iVIEW Blue Plus Detection Kit

05266181001

Y15410,Y24365



ultraView Universal Alkaline Phosphatase Red Detection Kit

05269814001

Y15071,Y18053,Y22469



ISH Protease 3

05273331001

Y13927, Y18872, Y22569, Y25883



VENTANA ISH iView Blue Detection Kit

05278511001

Y15105



INFORM HPV III Family 16 Probe (B)

05278856001

Y19417



A Audi do Brasil Indústria e Comércio de Veículos Ltda. promove campanha de chamamento
de veículos da marca Audi, modelos A4 AVANT, ano modelo 2005 até 2008; A4 SEDAN, ano
modelo 2005 até 2008; RS 4 AVANT, ano modelo 2007 e 2008; S4 AVANT, ano modelo 2005;
S4 SEDAN, ano modelo 2005; A6 AVANT, ano modelo 2006, 2010 e 2011; AUDI A6 SEDAN,
ano modelo 2005 até 2011;RS 6 AVANT, ano modelo 2010 e 2011; RS 6 SEDAN, ano modelo
2010 e 2011; S6 AVANT ano modelo 2008, 2010 e 2011; S6 SEDAN, ano modelo 2010 e
2011 para substituição do airbag dianteiro do banco do passageiro. A empresa constatou que
em caso de acidente com o acionamento do airbag dianteiro, existe a possibilidade da carcaça
do gerador de gás explodir, podendo acarretar o desprendimento de partículas da carcaça e
causar danos físicos e materiais aos ocupantes do veículo e a terceiros.

A Polaris do Brasil Importação e Comércio de Veículos e Motocicletas Ltda promove campanha
de chamamento das motocicletas, modelo Indian Motorcycle Scout e Scout Bobber,
ano/modelo 2017 a 2018, fabricadas entre 24 de março de 2017 e 21 de março de 2018 para
a sangria do freio dianteiro e traseiro dos veículos. A empresa constatou que as motocicletas
equipadas com freios antibloqueios podem apresentar diminuição do desempenho do freio em
razão da presença de ar no circuito do freio e, consequentemente, provocar ferimentos e/ou
danos graves ou fatais ao condutor e/ou terceiros.

Para saber se um produto é objeto de recall, o consumidor deve entrar em contato direto com
o fornecedor.

• A Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) também mantém em seu site o sistema
online de recalls (http://portal.mj.gov.br/recall), com as campanhas informadas ao DPDC
desde 2002. Ao acessar o sistema, é possível localizar o recall referente ao produto
pesquisado, com informações sobre o período de fabricação do produto, lotes afetados, data
de comunicação do recall, aviso de risco, entre outras.

Texto: Fernanda Coiro/Procon RS ...

SMEC capacita profissionais em Eldorado do Sul


A Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Desporto, Lazer e Turismo, em parceria com o
Instituto Educacional e Tecnológico Primeira Opção, promoveu mais uma formação continuada
para a rede municipal de ensino. O objetivo da capacitação é proporcionar aos profissionais
envolvidos no processo educativo momentos que busquem a reflexão e o aprofundamento em
temas pertinentes a prática diária nas escolas.

A formação aconteceu no ginásio da E.M.E.F. David Riegel Neto, na manhã de quinta-feira (30),
e foi dividida em duas partes: a primeira sobre autoconhecimento e os impactos pessoais e
profissionais, ministrada por Sonia Mara do Nascimento, e a segunda sobre como implementar a
cultura afro e indígena nas escolas com Léa Maria Brito Teixeira.

A Secretária de Educação, Ana Rita Norte Poggetti, avalia que para ter uma educação de
qualidade se deve investir na capacitação dos professores. “Uma boa gestão é aquela que
aproveita as competências dos seus profissionais, mas que também é propulsora no
desenvolvimento de habilidades. Buscando sempre através de capacitações e vivencias contribuir
para um ampliar no olhar do educador”, disse a Secretária Ana. ...

Administração Municipal inaugura Escola Professor Alcides Conter, em Butiá


Arquibancadas lotadas no Ginásio Rude Raguse e palmas calorosas! Assim foi a inauguração
da Escola Municipal de Ensino Fundamental Professor Alcides Conter, na manhã desta terça-
feira (4). Esta é a segunda instituição de ensino que a Prefeitura Municipal de Butiá entrega a
comunidade no período de um ano.

A nova escola abrirá 800 novas vagas, divididas em três turnos. Inicialmente, a instituição
receberá os alunos do EJA, mas em novembro deste ano estarão abertas as matrículas para
2019. Durante a solenidade que marcou o início das atividades da Escola Professor Alcides
Conter, o público pode prestigiar as apresentações alusivas a Semana da Pátria, que tem
como homenageada a professora Juraci Coutinho.

O prefeito Daniel Almeida ressaltou a importância deste novo capítulo na história da educação
da cidade. “A nossa administração coloca a pauta da educação nas prioridades e comprova
isso com ações. Além de inaugurar a Escola Dona Duca, temos campanha de matrículas,
uniformes escolares, kit de materiais, transporte para todos os alunos e professores com
plano de carreira, recebendo o piso salarial. Estes muitos benefícios para a Rede Municipal são
caros aos cofres públicos, mas com um retorno que compensa muito, pois estamos cuidando
do nosso futuro, que são as crianças e os jovens”, afirmou.

O secretário interino de Educação, Paulo Almeida, afirmou que investir na educação é
fundamental e agradeceu o empenho de todos que contribuíram para que esse sonho
tornasse realidade. “Hoje é um dia histórico! Quero agradecer a todos que entenderam a
importância deste espaço escolar. Tenho certeza que iremos colher grandes frutos, pois
investir na educação é investir no futuro da nossa cidade”, concluiu.

Ao final do encontro, o prefeito Daniel apresentou o professor Márcio Igor Lopes, que será o
responsável de coordenar a instituição, assumindo o cargo de diretor. Na noite desta terça-
feira, às 19h, será realizada a aula inaugural com estudantes do EJA.

A solenidade de inauguração contou com a presença dos familiares de Alcides Conter,
secretários municipais, vereadores, comunidade escolar e representantes de entidades
comunitárias do município. A secretária de Educação de Minas do Leão, Silva Lasek, também
esteve presente no ato. ...

Operação Viagem Segura de Independência ocorre de quinta a domingo


Polícia Rodoviária Federal, DetranRS, Polícia Civil, Brigada Militar e Comando Rodoviário da BM
estarão mobilizados para que o feriado de Independência do Brasil seja tranquilo no trânsito.
A data tem, em média, uma morte a cada três horas e quarenta e cinco minutos. Com reforço
de fiscalização para evitá-las, a 92ª edição da força-tarefa se estenderá por quatro dias, da
zero hora de quinta-feira (6) até a meia-noite de domingo (9). Os detalhes da operação foram
alinhados em reunião preparatória ocorrida na Expointer, em Esteio, no dia 28 de agosto.

A análise dos acidentes dos feriados de Independência (2007-2017) aponta que a média de
mortes nas vias do RSio Grande do Sul nos feriados de Sete de Setembro foi de 6,5 por dia,
menor que a média geral dos finais de semana, que é de 7,3 mortes por dia.

No ano passado, a operação se estendeu por cinco dias, quando foram registradas 28 mortes
em decorrência de acidentes de trânsito (contabilizando aqui o acompanhamento das vítimas
até 30 dias após a ocorrência). Já em 2016, como o feriado caiu numa quarta-feira, a
operação durou apenas um dia, quando três pessoas perderam a vida. Essa foi a menor
média de mortes diárias da série histórica, devido ao feriado ter caído no meio da semana,
diminuindo a possibilidade de viagens de longos percursos.

Nos últimos onze anos, 67% das vítimas fatais de trânsito decorreram de acidentes em
rodovias. Os óbitos concentraram-se nos dias intermediários e de retorno e no turno da noite
(37,1%), de modo que se recomenda um cuidado redobrado nesses dias e horários. Os
municípios que registraram maior número de vítimas fatais foram Porto Alegre (21), Pelotas
(11), Santa Rosa, Novo Hamburgo e Montenegro (06 cada).

Sobre a Viagem Segura

Um dos principais programas de segurança no trânsito do Estado, a operação reúne órgãos de
fiscalização e instituições parceiras para prevenir acidentes nos feriados e principais datas
comemorativas. O reforço de fiscalização dos órgãos também promove ações de
conscientização com o apoio da ANTT, DNIT, Cetran/RS, Daer, EGR, Metroplan, Famurs e
representantes da sociedade civil organizada, como o Lions Club e o Instituto Zero Acidente.

Desde o feriado de Proclamação da Republica de 2011, foram feitas 91 operações, com mais
de 5,3 milhões de veículos fiscalizados e 202,8 mil testes de etilômetro. Foram registradas
mais de 944,1 mil infrações, sendo 18,6 mil autuações por embriaguez, incluindo as recusas
ao teste do bafômetro. A fiscalização também recolheu 88,9 mil veículos e mais de 24,2 mil
CNHs. ...

Força Gaúcha de Pronta Resposta inicia atividades contra criminalidade


A Força Gaúcha de Pronta Resposta (FGPR) iniciou suas atividades neste final de semana. Desde
sábado (1º), os agentes executam atividades de saturação de área, patrulhamento e barreiras,
em apoio à Brigada Militar (BM) e Polícia Civil (PC).

Dividida em equipes, a FGPR efetuou operações em Porto Alegre, Região Metropolitana, Vale do
Sinos e Serra. As ações, em conjunto com as forças policiais, tiveram foco no combate ao crime
organizado, assaltos a estabelecimentos bancários, abigeato e preservação da ordem pública.

Criada pela portaria nº 115 da SSP, em 13 de junho de 2018, a FGPR é composta por militares
estaduais e por servidores da ativa das carreiras da segurança pública ou por inativos e
aposentados designados por meio de programas específicos. Possui a finalidade de ser
empregada em situações que demandem rápida resposta por parte das forças de segurança.

A tropa irá prestar apoio a investigações, ações de inteligência, atividades periciais, ocorrências
de Defesa Civil, busca e salvamento, reforço ou apoio ao policiamento ostensivo (urbano e
rural), cumprimento a mandados judiciais de busca e apreensão e de prisão, operações em casas
prisionais em razão de motins ou da ameaça destes, auxílio no registro de ocorrências policiais,
apoio à segurança em grandes eventos e ações junto ao Ministério Público. ...

BM forma mais de 400 PMs permitindo o retorno de praças às ruas


O Comando Geral da Brigada Militar, o Departamento de Ensino e a Academia de Polícia Militar
apresentaram, na manhã desta sexta-feira (31), os 405 alunos-oficiais que concluíram o
Curso de Habilitação para Policiais Militares Temporários 2018. Eles serão enviados nas
próximas semanas para reforçar o policiamento em 71 municípios do Rio Grande do Sul,
assumindo funções administrativas e de guarda externa de presídios. A solenidade ocorreu no
Ginásio Gigantinho na presença do secretário da Segurança Pública, Cezar Schirmer, e do
comandante-geral da Corporação, coronel Mario Yukio Ikeda.

O curso de capacitação, que reuniu alunos oriundos das Forças Armadas de todo o Estado,
teve início em julho de 2018, com 400 horas-aula e englobando conhecimentos específicos da
atividade policial militar temporário, disciplinas de ética e cidadania, doutrina policial,
policiamento de guarda e comunicação operacional, noções de segurança no trabalho policial,
entre outras.

Conforme o secretário Cezar Schirmer, "os PMs temporários que hoje se formam serão
extremamente importantes, na medida em que permitirão o retorno de 405 praças às ruas".

De acordo com o comandante-geral da BM, coronel Mário Yukio, os policiais temporários serão
distribuídos entre guarda externa de estabelecimento em casas prisionais em todo o estado,
principalmente nas principais cidades e para atuar no videomonitoramento. “O brigadiano
liberado da casa prisional vai atuar na segurança daquele município onde já estava
trabalhando na guarda externa do presídio”.

O videomonitoramento, segundo o coronel Ikeda, por ora será em Porto Alegre. Ele destacou
que está em andamento a implantação de centros regionais integrados em todo o Rio Grande
do Sul e estes PMs temporários serão colocados nestas centrais. “Hoje nós temos já a central
de Porto Alegre e estamos trabalhando no estabelecimento e na operação das demais centrais
de videomonitoramento e centros integrados de operações. Serão mais de 20 centrais
regionais em todo o estado”, esclareceu.

Prestigiaram o evento, o subcomandante-geral da BM, coronel Eduardo Biacchi Rodrigues; o
chefe do Estado-Maior da Corporção, coronel Júlio César Rocha Lopes; Mauri Silva,
representando o Sport Clube Internacional; o capelão honorífico da BM, padre Alexandre
Chaves, demais autoridades civis e militares, e familiares dos formandos.
...

Daer usa tecnologia pioneira para inspecionar rodovias com altos índices de acidentes


O Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) adotou, desde esta quarta-feira
(29), uma tecnologia pioneira no Brasil voltada à segurança das rodovias. Por meio de um
programa chamado iRAP - sigla em inglês para International Road Assessment Programmet -
a autarquia vai inspecionar e avaliar rodovias com altos índices de acidentes via sistema de
classificação por estrelas. A partir dessas informações, serão identificadas as áreas de risco a
projetadas soluções para aumentar a segurança dos usuários.

Conhecido em português como Programa Internacional de Avaliação de Rodovias, o recurso
desenvolvido por um consórcio internacional capta os dados por meio de um veículo de
inspeção. Esse automóvel é capaz de obter imagens georreferenciadas em 360 graus. As
informações geram um arquivo do iRAP contendo todos os atributos da rodovia, que permitem
classificá-la por estrelas e servem como base para a elaboração do Plano de Investimentos
para Rodovias Mais Seguras. São dois relatórios que visam a combater os pontos críticos e
salvar vidas, explica o diretor de Gestão e Projetos do Daer, Sívori Sarti da Silva.

A contratação do programa foi proposta pelo Banco Mundial (Bird) como parte de seu projeto
de financiamento para melhorar as condições da malha rodoviária do estado.

Projeto inicia por 1.500 quilômetros de 24 rodovias pavimentadas

Num primeiro momento, o Daer usará o sistema para inspecionar e avaliar a segurança de
1.500 quilômetros de suas estradas pavimentadas. O veículo do iRAP está nas estradas desde
quarta-feira e deve percorrer trechos de 24 rodovias por aproximadamente uma semana. Os
locais foram selecionados a partir de dados sobre acidentalidade e volume de tráfego.

Após esse período, serão gerados os relatórios que registram 78 atributos das vias. Entre
eles, estão as condições do pavimento e do acostamento, a vegetação da região, largura da
pista, acessos e travessias de pedestre.

Ainda neste ano, as informações técnicas estarão disponíveis aos engenheiros do Daer que
poderão avaliar quais rodovias mais necessitam de intervenções. ...

DetranRS abre inscrições para curso EAD de Educação para Ciclistas


Para incentivar o uso da bicicleta como meio de transporte e levar mais segurança para os seus
usuários, a Escola Pública de Trânsito do DetranRS elaborou o Curso de Educação para Ciclistas.
Totalmente a distância, o curso é direcionado a educadores, profissionais com perfil
multiplicador, ciclistas e pessoas que pretendem usar a bicicleta no dia a dia. A primeira edição
começa no dia 17 de setembro e está com inscrições abertas.

A carga horária é de 24h, com dedicação de seis horas semanais durante quatro semanas. Os
conteúdos incluem a história da bicicleta, as normas de circulação do ciclista e sua relação com
motoristas e pedestres. Também são abordados os equipamentos de segurança, estacionamento
de bicicletas, integração com transporte coletivo e compartilhamento de bicicletas, entre outros
tópicos.

“A ideia é orientar todos os usuários do trânsito sobre a utilização da bicicleta como meio de
transporte, abordando os benefícios deste modal e as regras de circulação para o
compartilhamento do espaço público com responsabilidade e segurança”, explica a pedagoga
Adriana Reston, coordenadora de Tecnologia e Ensino a Distância da EPT do DetranRS.

O curso semitutorado é gratuito e possui certificação. As inscrições podem ser feitas pelo site. ...

DNIT realiza ações do Programa de Saúde Pública na duplicação da BR-116/RS


Seguindo o Plano Básico Ambiental das obras de duplicação da BR-116/RS (Guaíba a Pelotas),
a unidade local do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), por meio
do Programa de Saúde Pública (PSP), desenvolvido pela Gestora Ambiental do
empreendimento, realiza ações trimestrais nos canteiros de obras da rodovia e nas
comunidades do entorno. O PSP visa o esclarecimento, a orientação e a prevenção
relacionadas à saúde dos colaboradores, bem como o monitoramento das condições de saúde
da população lindeira, em função do empreendimento.

No mês de agosto a equipe do PSP realizou a aplicação do checklist nos canteiros e nas
frentes de obras, vistoriando itens ligados ao descarte correto dos resíduos sólidos, limpeza e
manutenção de banheiros, higiene dos refeitórios e possíveis pontos de proliferação de
vetores de doenças, como o mosquito Aedes aegypti. Constatou-se que há todo um cuidado
e uma preocupação das construtoras em garantir a saúde e segurança dos colaboradores do
empreendimento e a manutenção da qualidade de vida da comunidade.

Durante o checklist divulgou-se o Dia Nacional de Prevenção de Acidentes de Trabalho,
comemorado em 27 de julho, conforme o calendário do Ministério da Saúde. Na ação foram
distribuídos cartazes reforçando a importância do uso dos Equipamentos de Proteção
Individual (EPIs), tema também abordado no mês de julho pela equipe do Programa de
Educação Ambiental em palestras para mais de 90 colaboradores.

Além disso, em função do surto de sarampo no país, alertou-se aproximadamente 207
colaboradores sobre a importância da imunização com a vacina Tríplice Viral, contra o
sarampo, rubéola e caxumba. A equipe do PSP indicou ainda os postos de saúde mais
próximos aos canteiros de obras que possuem as doses da vacina. ... ...

Polícia Rodoviária Federal recupera dois carros roubados em desmanche na Região das Ilhas


A Polícia Rodoviária Federal descobriu na quarta-feira (29), dois desmanches de carros roubados
na BR 290, na região das ilhas de Porto Alegre. Dois veículos roubados e diversas peças,
incluindo um motor e uma carcaça, foram recuperados. O dono de um dos depósitos foi preso
em flagrante por receptação e adulteração de sinal identificador de veículo.

Os agentes da PRF descobriram um depósito onde veículos roubados estavam sendo
desmanchados, na Ilha dos Marinheiros.

No local, foi encontrado um automóvel Kadett roubado em Porto Alegre, além de peças de outros
veículos.

Do outro lado da rodovia, os policiais flagraram peças de veículos sendo descarregadas em uma
oficina. Ao vistoriar as peças e os veículos da oficina, os agentes encontraram um Golf roubado,
utilizando placas de outro veículo, além de peças de diversos veículos com ocorrência de roubo.

O proprietário da oficina utilizada como desmanche foi preso em flagrante e conduzido para a
área judiciária local. Os veículos e as peças foram removidos para o depósito para perícia e
devolução aos proprietários. ... ...




Edição n° 183 - Setembro 2018

Selecionar Edição
  • Edição n° 183
  • Edição n° 182
  • Edição n° 181







  • Av. Roque J. O. Giacomelli, nº 542, Pq. Eldorado - Eldorado do Sul - Fone (51) 3481 1821