Eldorado do Sul, Guaíba e Região Carbonífera, 03 de Março de 2021. Página Inicial | Contato
SEÇÕES
Artigo
Educação
Eldorado do Sul
Especial
Geral
Guaíba
Produtos e Serviços
Região Carbonífera
Saúde
Flagrante na Foto
Anunciantes
LINKS
Portal Eldorado
Lantec
Envie sua Mensagem

Você é o visitante n°
32113658


Edicão n° 213 de Março de 2021


DetranRS identifica que 28% dos motociclistas envolvidos em acidentes com morte não eram habilitados
11/11/2021

Um estudo realizado pelo DetranRS sobre acidentes de trânsito com mortes em 2019
apontou que 27,7% dos motociclistas envolvidos não tinham Carteira Nacional de
Habilitação. Entre os motoristas de quatro rodas, o índice foi de 8,3%. Passaram por
análise 1.471 acidentes fatais, com 1.617 mortos e 1.888 condutores e motociclistas
envolvidos, ativamente ou não, nos acidentes. Pelo menos 249 pessoas (13%) que
conduziam veículo automotor no momento do acidente não passaram por um processo
de primeira habilitação, com aulas teóricas e práticas

Os dados apurados pelo DetranRS alertam para a importância do processo de formação
de motoristas. “Não ter a formação adequada é um fator de risco altíssimo,
principalmente para motociclistas. A habilitação com um instrutor qualificado em um
Centro de Formação de Condutores é crucial na prevenção de acidentes. Precisamos agir
para trazer esses motociclistas para dentro do sistema de trânsito”, avalia o diretor-
geral do DetranRS, Enio Bacci.

A partir da análise dos índices de condutores e motociclistas não habilitados envolvidos
em acidentes fatais no Rio Grande do Sul em 2019, o DetranRS buscou identificar onde
o problema estava mais concentrado.

As vias municipais concentraram a maior parte dos acidentes com morte envolvendo não
habilitados: 57,2% desses acidentes ocorreram dentro das cidades (para o total dos
acidentes, o percentual é de 41,3%). As vias estaduais e federais concentraram 42,8%
dos acidentes com não habilitados, percentual menor que no total dos acidentes: 58,7%.

O DetranRS identificou um aumento significativo nos percentuais de choques com objeto
fixo e tombamento. Ambos somavam 22% do total de acidentes no Estado, mas, entre
os acidentes com envolvimento de condutores/motociclistas não habilitados, esse
percentual chega a 33%. Nos atropelamentos se observa uma redução de 23% para 9%
ao se fazer essa comparação. Isso pode ocorrer porque, em alguns casos de
atropelamento, o condutor foge do local, impedindo a identificação na ocorrência.






Edicão n° 213 de Março de 2021
03/03/2021 - Pronto Atendimento de Eldorado do Sul está com sua capacidade esgotada
03/03/2021 - Todos somos responsáveis
03/03/2021 - Boletim Covid 19 em Butiá
03/03/2021 - Hospital de Charqueadas inaugura 10 novos leitos de UTI
03/03/2021 - Vacinação de idosos em Charqueadas
03/03/2021 - Feira do Produtor Rural é suspensa temporariamente
03/03/2021 - Boletim Covid 19 em Guaíba
03/03/2021 - Fiscalização no transporte coletivo em Guaíba
02/03/2021 - Brinquedos de Madeira Parque Eldorado
02/03/2021 - Butiá tem pior dia da pandemia, com duas mortes e 75 novos casos confirmados
02/03/2021 - Boletim Covid 19 em Charqueadas
01/03/2021 - Farmácia do Noel
01/03/2021 - Serviço de Contabilidade
01/03/2021 - Governo apresenta a prefeitos projeto que inclui a educação como critério para repartição do ICMS com municípios
01/03/2021 - SES e conselho das secretarias municipais de Saúde irão recomendar que postos abram em horários estendidos
01/03/2021 - Governo recorre para restabelecer ensino presencial para educação infantil e 1° e 2° anos do ensino fundamental
01/03/2021 - Bandeira preta altera atendimento para carteiras de identidade
01/03/2021 - Após a publicação de decisão judicial, prefeitura suspende as aulas presenciais
01/03/2021 - SMEC Informa
01/03/2021 - Atendimentos eletivos estão suspensos em Eldorado do Sul
25/02/2021 - Médico de Guaíba perde a vida para a Covid 19



Edição n° 213 - Março de 2021

Selecionar Edição
  • Edição n° 213
  • Edição n° 212
  • Edição n° 211





  • Av. Roque J. O. Giacomelli, nº 542, Pq. Eldorado - Eldorado do Sul - Fone (51) 3481 1821