Eldorado do Sul, Guaíba e Região Carbonífera, 23 de Novembro de 2020. Página Inicial | Contato
SEÇÕES
Artigo
Educação
Eldorado do Sul
Especial
Geral
Guaíba
Produtos e Serviços
Região Carbonífera
Saúde
Flagrante na Foto
Anunciantes
LINKS
Portal Eldorado
Lantec
Envie sua Mensagem

Você é o visitante n°
31745313


Edicão n° 209 de Novembro 2020


Lacen leva apenas um dia para o diagnóstico da Covid-19 em 84% dos casos
12/06/2020

O Laboratório Central do Estado (Lacen), em Porto Alegre, já realizou mais de 15 mil
exames de diagnóstico do novo coronavírus (o Sars-CoV-2, causador da Covid-19).
Apesar do grande volume, o laboratório conseguiu zerar a fila de amostras que
aguardam o processamento. Ao considerar as 5,7 mil amostras recebidas nos últimos 30
dias, 84% delas tiveram o resultado em até um dia após a chegada ao Lacen.

A etapa anterior a essa é da coleta da amostra e o envio para o laboratório, que ficam
sob responsabilidade dos municípios. A capacidade atual é de até 400 testes por dia.

O Lacen foi um dos primeiros laboratórios estaduais em que a Fundação Oswaldo Cruz
(Fiocruz) descentralizou o diagnóstico do coronavírus. Antes de 6 de março, todos os
casos suspeitos tinham que ser enviados para exame no Rio de Janeiro. Mesmo que em
número ainda pequeno, os resultados levavam, normalmente, mais de uma semana.

Tempo entre a chegada da amostra e o resultado no Lacen (entre 10 de maio e 10 de
junho):

Mesmo dia – 938 resultados (16%)
Um dia: 3.913 (68%)
Dois dias: 760 (13%)
Três ou mais dias: 112 (3%)

Identificação genética do vírus

O exame para o coronavírus é um teste de biologia molecular que identifica o material
genético do vírus. Para a análise, o Lacen utiliza amostras de secreções das vias
respiratórias (do nariz e garganta) dos casos suspeitos.

Esses materiais são coletados das pessoas com a suspeita da doença com o uso de um
tipo hastes de plástico parecidas com cotonetes (swabs) ou com aspirados por sonda.
Assim que chegam ao laboratório, essas amostras passam por diferentes estágios de
preparação e extração do material genético das moléculas (RNA) até chegar a etapa
final do processo.

Casos graves e situações especiais

São elegíveis para análise do novo coronavírus no Lacen os casos de pacientes
hospitalizados por algum problema respiratório (quadro clínico chamado de Síndrome
Respiratória Aguda Grave, ou SRAG). Além desses, o Centro Estadual de Vigilância em
Saúde (Cevs) orienta que sejam encaminhados para o laboratório casos especiais e que
atendam a critérios epidemiológicos, desde que com a presença de sintomas, como os
que são parte de investigação de surtos em locais como empresas e instituições de
longa permanência de idosos, pessoas com mais de 50 anos, gestantes e puérperas,
profissionais que trabalhem em veículos de transporte de cargas e transporte coletivo de
passageiros ou do setor portuário (portos e navios), trabalhadores de estabelecimentos
de saúde que atendem pacientes com síndrome gripal ou SRAG, entre outros.

Além desse tipo de exame, o governo do Estado já distribuiu aos municípios mais de 384
mil testes rápidos para a Covid-19. Esse tipo de análise faz a identificação dos
anticorpos produzidos pelo organismo em resposta à infecção pelo SARS-CoV2 (causador
da Covid-19). É realizado com a coleta de uma gota de sangue da ponta do dedo da
pessoa. Seu uso é recomendado após, pelo menos, uma semana de início dos sintomas.
Esse tempo é o necessário para que o organismo da pessoa produza em quantidade
suficiente esses anticorpos, que são as ferramentas de defesa do organismo e
permanecem mesmo após a cura do quadro clínico.

Texto: Ascom SES






Edicão n° 209 de Novembro 2020
17/11/2020 - Governo detalha projetos de privatização, modernização da gestão e equilíbrio fiscal
17/11/2020 - Veículos históricos da Brigada Militar são expostos em Porto Alegre
17/11/2020 - Usuários do IPE Saúde poderão fazer radioterapia no Hospital Ernesto Dornelles
17/11/2020 - Regiões precisam ficar duas semanas em vermelho para interromper aulas
17/11/2020 - Com quatro recursos aceitos, mapa definitivo da 28ª semana tem sete regiões em vermelho
17/11/2020 - Imunoterapia para o tratamento de câncer de pulmão é tema de palestra promovida pelo Hospital Moinhos de Vento
06/11/2020 - RS tem 15 regiões com taxa de óbito menor do que a média estadual
06/11/2020 - IPE Saúde realiza 400 atendimentos presenciais na primeira semana de reabertura
06/11/2020 - Rio Grande do Sul tem três regiões classificadas em risco alto
06/11/2020 - Polícia Civil realiza operação em Nova Santa Rita para combater violência doméstica
06/11/2020 - Agências FGTAS/Sine contabilizam 470 vagas de trabalho no litoral
06/11/2020 - Justiça decide que escolas estaduais podem retomar aulas presenciais a partir desta sexta, dia 6
06/11/2020 - Novembro Azul alerta para a importância da prevenção ao câncer de próstata
06/11/2020 - Hospital Moinhos de Vento inaugura laboratório de patologia
06/11/2020 - Comunidade do trânsito em alerta
06/11/2020 - Dnit inicia instalação de radares cumprindo acordo homologado após ação popular.
06/11/2020 - Prorrogada a Campanha Nacional de Vacinação
06/11/2020 - Boletim de atualização da situação do coronavírus em Guaíba.
06/11/2020 - Vacinação em Guaíba



Edição n° 209 - Novembro 2020

Selecionar Edição
  • Edição n° 209
  • Edição n° 208
  • Edição n° 207







  • Av. Roque J. O. Giacomelli, nº 542, Pq. Eldorado - Eldorado do Sul - Fone (51) 3481 1821