Eldorado do Sul, Guaíba e Região Carbonífera, 03 de Junho de 2020. Página Inicial | Contato
SEÇÕES
Artigo
Educação
Eldorado do Sul
Especial
Geral
Guaíba
Produtos e Serviços
Região Carbonífera
Saúde
Flagrante na Foto
Anunciantes
LINKS
Portal Eldorado
Lantec
Envie sua Mensagem

Você é o visitante n°
31248797


Edicão n° 204 de Junho 2020


RS completa 1º bimestre com queda de 17,4% em homicídios e de 22,2% em roubos de veículo
13/03/2020

O Rio Grande do Sul encerrou o segundo mês de 2020 com 66 homicídios a menos do que no
mesmo período do ano passado. O acumulado de 314 assassinatos entre janeiro e fevereiro é
o menor para o 1º bimestre desde 2011, quando a soma foi de 301 vítimas, e também
representa queda de 17,4% na comparação com os 380 óbitos registrados em igual intervalo
de 2019.

A análise dos indicadores criminais monitorados pela Secretaria da Segurança Pública (SSP)
mostra que o foco territorial adotado pelo programa RS Seguro segue puxando as reduções
verificadas ao longo de todo o ano passado.

Implantando em fevereiro de 2019, o RS Seguro completou 12 meses consecutivos de
reduções no número de vítimas de homicídio no conjunto de 18 cidades que, nos últimos 10
anos, concentravam os maiores índices de criminalidade violenta. Na comparação entre
fevereiro do ano anterior e do atual, a queda foi de 7%, passando de 99 vítimas para 89.

Também houve leve redução na soma de latrocínios no Rio Grande do Sul. De 13 ocorrências
de roubo com morte contabilizadas no primeiro bimestre de 2019, o indicador baixou para 12
neste ano, o que equivale a 7,7% de retração e representa o menor acumulado desde 2012,
que teve 11 casos.

Em Porto Alegre, que integra o grupo de cidades sob atenção especial do RS Seguro, o
acumulado de homicídios nos dois primeiros meses do ano também registra queda. A soma de
52 vítimas é 24,6% menor do que as 69 registradas entre janeiro e fevereiro de 2019.

O primeiro bimestre também fechou com reduções expressivas nos indicadores de crimes
contra o patrimônio. Depois encerrar o ano passado com quase 5 mil roubos de veículos a
menos do que em 2018, o Estado mantém a retração, com 1.797 ocorrências nos dois meses
iniciais de 2020, 22,2% abaixo das 2.309 de igual período de 2019. Foram 512 carros que
deixaram de ser levados por assaltantes no Rio Grande do Sul, mais da metade em Porto
Alegre, onde os roubos de veículo, na mesma comparação, baixaram de 1.040 para 737.

Outro destaque é a diminuição dos ataques a transporte coletivo. Somadas as ocorrências
envolvendo passageiros e profissionais que trabalham em ônibus e lotações no Estado, houve
208 roubos entre janeiro e fevereiro, queda 43% em relação aos 365 registros do primeiro
bimestre do ano passado. A capital respondeu por um terço dessa redução, com os ataques a
coletivos baixando de 148 para 94 (-36,5%) na mesma comparação.

Queda ainda mais acentuada foi verificada nos ataques a banco. Considerando a soma de
roubos e furtos a estabelecimentos bancários no Rio Grande do Sul, a redução chegou a
45,5%, baixando de 22 ocorrências entre janeiro e fevereiro do ano passado para 12 no
primeiro bimestre de 2020. Na capital, onde haviam sido registrados seis ataques a banco nos
dois primeiros meses de 2019, o indicador foi zerado neste ano, sem qualquer episódio de
furto ou roubo à instituição financeira.

Um dos principais fatores para a retração quase pela metade dos delitos contra bancos no RS
é a Operação Angico, ação desenvolvida pela Brigada Militar com a análise de dados de
inteligência para antecipar e reprimir a ação de criminosos e quadrilhas especializadas nesse
tipo de crime.






Edicão n° 204 de Junho 2020
02/06/2020 - Com avanço da crise, dificuldades em pagar as dívidas se agravam para famílias que ganham menos de dez salários mínimos
02/06/2020 - Estresse na pandemia pode provocar problemas na pele
02/06/2020 - Secretaria de Saúde de Butiá amplia espaço físico para retornar consultas no Posto Central
01/06/2020 - Pracinhas de Madeira Tratada a Preço de Fábrica
01/06/2020 - Farmácia do Noel
01/06/2020 - Diante da pandemia saiba como fugir de crenças limitantes que impedem o sucesso
01/06/2020 - Manejo dos pacientes com câncer hereditário na pandemia da COVID-19 é tema de live
01/06/2020 - CEHM-RS e Sociedades de Especialidades posicionam-se contra redução de honorários na telemedicina
01/06/2020 - Prefeitura de Eldorado do Sul investe em mais segurança.
01/06/2020 - Mapa de contágio do Corona Vírus no município
01/06/2020 - Encaminhamento de carteiras de identidade é retomado no Estado
01/06/2020 - Com adaptações na rotina, equipes de fiscalização mantêm preservação do ambiente durante a pandemia
01/06/2020 - Agências FGTAS/Sine dispõem de mais de 800 vagas de trabalho no RS
01/06/2020 - BM monta esquema especial e garante formatura de 41 novos soldados durante pandemia
01/06/2020 - Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza é prorrogada até 30 de junho
01/06/2020 - No Dia Mundial sem Tabaco, um alerta sobre riscos da Covid-19 em fumantes
01/06/2020 - Dados do Covid 19 em Butiá
01/06/2020 - Qualificação para gestores da Rede debate processo educacional pós-pandemia do coronavírus
01/06/2020 - General Mourão rebate ataques contra Bolsonaro: “Deixa o cara governar!”
01/06/2020 - Conheça as intérpretes que traduzem em Libras as aulas do Pré-Enem Seduc RS



Edição n° 204 - Junho 2020

Selecionar Edição
  • Edição n° 204
  • Edição n° 203
  • Edição n° 202







  • Av. Roque J. O. Giacomelli, nº 542, Pq. Eldorado - Eldorado do Sul - Fone (51) 3481 1821