Eldorado do Sul, Guaíba e Região Carbonífera, 30 de Maio de 2020. Página Inicial | Contato
SEÇÕES
Artigo
Educação
Eldorado do Sul
Especial
Geral
Guaíba
Produtos e Serviços
Região Carbonífera
Saúde
Flagrante na Foto
Anunciantes
LINKS
Portal Eldorado
Lantec
Envie sua Mensagem

Você é o visitante n°
31239405


Edicão n° 203 de Maio 2020


União Estável e Pensão por Morte
19/09/2019

Em matéria de pensão por morte, especialmente quando o pedido é baseado no
reconhecimento de união estável, sempre é complexo comprovar o direito ao benefício
junto a Previdência Social. As dificuldades começam para saber quais são os
documentos que comprovam a relação e terminam por entender quais são os períodos
que estes documentos devem corresponder. Outras dificuldades também são
corriqueiras: qual a quantidade de documentos exigidos e se ouvir testemunhas é
necessário.
A pensão por morte é um benefício devido para os dependentes do segurado que
faleceu. A Previdência prevê uma regra própria para o enquadramento como
dependente, por meio de um sistema de classes. No entanto, sempre que se tratar de
um pedido de pensão por morte com necessidade de reconhecimento de união estável,
se estará pressupondo o direito a um companheiro ou companheira; mesmo que numa
relação homoafetiva o INSS reconhecesse a pensão por morte oriunda deste tipo de
relações. Assim, trata-se de um dependente preferencial.
A regra para a comprovação do direito desse dependente exige a apresentação de
três documentos dentre aqueles elencados no regulamento do INSS. São eles: certidão
de nascimento de filho havido em comum; certidão de casamento religioso; declaração
do imposto de renda do segurado, em que conste o interessado como seu dependente;
disposições testamentárias; declaração especial feita perante tabelião; prova de mesmo
domicílio; prova de encargos domésticos evidentes e existência de sociedade ou
comunhão nos atos da vida civil; procuração ou fiança reciprocamente outorgada; conta
bancária conjunta; registro em associação de qualquer natureza, onde conste o
interessado como dependente do segurado, anotação constante de ficha ou livro de
registro de empregados; apólice de seguro da qual conste o segurado como instituidor
do seguro e a pessoa interessada como sua beneficiária; ficha de tratamento em
instituição de assistência médica, da qual conste o segurado como responsável; escritura
de compra e venda de imóvel pelo segurado em nome de dependente; e declaração de
não emancipação do dependente menor de 21 anos ou quaisquer outros que possam
levar à convicção do fato a comprovar.
Os três documentos a serem apresentados podem ser do mesmo tipo ou
diferentes, desde que demonstrem a existência de vínculo ou dependência econômica,
conforme o caso, entre o segurado e o dependente. Então, por exemplo, posso
comprovar a união estável com uma conta bancária conjunta, um comprovante de
dependente em plano de saúde e a certidão de filha havido em comum. Da mesma
maneira, também posso comprovar a união estável com duas certidões de filho havido
em comum e o comprovante da abertura da conta bancária conjunta.
Para os casos em que não for possível obter as três provas que o regulamento
exige, o critério adotado é verificar se ao menos um documento existe. Havendo um
documento daqueles elencados no regulamento, o que a Previdência denominará de
indício de prova documental, será possível ouvir testemunhas para comprovar a união
estável, mesmo não possuindo os três documentos. O procedimento para inquirir as
testemunhas é denominado de justificação administrativa.
A prova documental, portanto, no INSS, é de fundamental importância, e sem ela
não será possível o reconhecimento da pensão. Mais do que isso, ela deverá ser
corresponder ao período de vida em comum. Eis a razão pela qual a sentença que
reconhece a união estável na justiça comum não surte efeitos imediatos junto à
Previdência. Sempre será necessário comprovar a condição de dependente na forma
prevista no regulamento.


Alexandre S. Triches
astriches@gmail.com
http://www.alexandretriches.com.br/






Edicão n° 203 de Maio 2020
25/05/2020 - Prefeitura de Eldorado do Sul investe em mais segurança.
25/05/2020 - CMPC doa 1 milhão de máscaras ao Rio Grande do Sul
25/05/2020 - Consumidor pode conferir evolução diária do preço médio dos combustíveis em cada município gaúcho
25/05/2020 - Vento em Belém Novo causa turbidez da água e desabastecimento
25/05/2020 - Secretaria da Agricultura faz alerta de golpe para prefeituras e produtores rurais
25/05/2020 - Pedidos para o Programa Troca-Troca de Sementes começam nesta segunda-feira
25/05/2020 - Dermatologista reforça importância da higiene adequada do celular
25/05/2020 - DNIT executa serviços de manutenção nas BRs 290, 116 e 471
16/05/2020 - Estudos iniciais apontam que o COVID-19 pode provocar também lesões na pele
16/05/2020 - Doação de sangue é fundamental em tempos de pandemia
16/05/2020 - Comunicado
16/05/2020 - Supermercado interditado em Eldorado do Sul
16/05/2020 - Boletim informativo Corona Vírus
16/05/2020 - Boletim Covid 19 em Butiá
16/05/2020 - Prefeitura de Butiá perdeu mais de R$ 600 mil em arrecadação no mês de abril
16/05/2020 - Entrega de 10 novos leitos de UTI em Caxias do Sul reforça enfrentamento à Covid-19 no RS
16/05/2020 - Pré-Enem Seduc RS começa nesta segunda, com exibição diária na TVE
16/05/2020 - É possível agendar por WhatsApp confecção de carteira de identidade na Capital
16/05/2020 - Operação integrada fiscaliza mais de oito mil estabelecimentos na capital
16/05/2020 - Primeiro dia da retomada do atendimento presencial no SINE da capital
12/05/2020 - Município atinge meta histórica de vacinação contra a gripe
11/05/2020 - PRF recupera em Eldorado do Sul veículo roubado e clonado
11/05/2020 - PRF prende três homens com droga em Guaíba
07/05/2020 - Governo lança site com taxa de ocupação de leitos em tempo real
07/05/2020 - Ficar em casa é uma ótima chance para eliminar os focos do mosquito da dengue
07/05/2020 - Estado usará dados de celulares sobre mobilidade da população para combater pandemia
07/05/2020 - Exames de coronavírus comprados pela prefeitura de Porto Alegre vão ampliar teste para todos com sintomas
05/05/2020 - Prefeito reúne representantes dos 16 shoppings de Porto Alegre
05/05/2020 - Estado garante pagamento de diárias de novos leitos de UTIs
01/05/2020 - DNIT libera mais cinco quilômetros de pista duplicada da BR-116/RS
30/04/2020 - Farmácia do Noel
30/04/2020 - A burocracia que pode matar
30/04/2020 - Governador apresenta modelo de distanciamento controlado
30/04/2020 - Bandeiras e protocolos: entenda o modelo de distanciamento controlado
30/04/2020 - Aulas das redes pública estadual e municipal ficam suspensas até junho
30/04/2020 - Controle do coronavírus em Santo Ângelo é tema de videoconferência
30/04/2020 - Secretaria da Saúde prepara portaria para ações de prevenção à Covid-19 em lares de idosos
30/04/2020 - Governo publica decreto em caráter transitório para funcionamento do comércio
30/04/2020 - Novo comandante militar do Sul toma posse
30/04/2020 - Desinfecção de locais públicos segue na Capital
30/04/2020 - Secretaria Municipal de Saúde de Butiá informa
30/04/2020 - Uso de máscara passa a ser obrigatório no município
30/04/2020 - Guaíba conta com 7 ventiladores mecânicos
30/04/2020 - Eldorado do Sul mantém suspensão das aulas
30/04/2020 - Prefeitura incentiva o uso de máscaras



Edição n° 203 - Maio 2020

Selecionar Edição
  • Edição n° 203
  • Edição n° 202
  • Edição n° 201







  • Av. Roque J. O. Giacomelli, nº 542, Pq. Eldorado - Eldorado do Sul - Fone (51) 3481 1821