Eldorado do Sul, Guaíba e Região Carbonífera, 13 de Julho de 2020. Página Inicial | Contato
SEÇÕES
Artigo
Educação
Eldorado do Sul
Especial
Geral
Guaíba
Produtos e Serviços
Região Carbonífera
Saúde
Flagrante na Foto
Anunciantes
LINKS
Portal Eldorado
Lantec
Envie sua Mensagem

Você é o visitante n°
31341245


Edicão n° 205 de JULHO 2020


Prevenção é a melhor maneira de evitar a disseminação da AIDS
01/01/2017

Nos últimos 30 anos, a AIDS deixou de ser uma doença fatal e passou a ser tratável. Ainda
assim, os casos de transmissão do vírus HIV, causador da Síndrome da Imunodeficiência
Adquirida, seguem crescendo em todo o mundo. Anualmente, cerca de 28 milhões de pessoas
recebem o diagnóstico positivo para HIV no planeta, sendo que, no Brasil, são registrados 40
mil novos casos por ano. Esta situação preocupa a médica infectologista, sócia da Associação
Médica do Rio Grande do Sul (AMRIGS) e que atua no Hospital Conceição e no Posto de Saúde
do IAPI, em Porto Alegre, Anelise Pezzi Alves. Na avaliação da especialista a prevenção segue
sendo o meio mais eficaz de evitar a propagação do vírus que causa a doença, mas é
importante que a população tome consciência disso e faça uso da camisinha em suas relações.
Além disso, o uso de preservativo é considerado o método mais eficaz para se prevenir contra
outras doenças sexualmente transmissíveis, como sífilis e alguns tipos de hepatites que podem
ser assintomáticas e evoluir para cronicidade. Convém ressaltar, ainda a Gonorréia, que está
demonstrando resistência aos antibióticos usuais. Portanto, torna-se cada vez mais necessário e
imprescindível o uso de preservativo.

- Os jovens estão iniciando sua vida sexual mais cedo, mas nem sempre contam com a devida
orientação para evitar doenças sexualmente transmissíveis, como a AIDS. Por isso, a faixa da
população entre 16 e 24 anos representa o grupo com maior incidência dos casos de
contaminação pelo HIV nos últimos anos. Entre os jovens de 20 a 24 anos, por exemplo, a taxa
de HIV positivo subiu de 16,2 casos por 100 mil habitantes, em 2005, para 33,1 casos por 100
mil habitantes em 2015 - destaca.

Anelise Pezzi Alves ressalta que este crescimento pode ser explicado por fatores como os
jovens não buscarem os serviços de saúde e, em muitas situações, negarem sua condição de
soropositivo. Para a médica, é preciso inovar a comunicação com este tipo de público, falando
seriamente do quanto a doença prejudica a vida de cada pessoa contaminada.

- Ainda que não seja mais totalmente fatal, que possa ser tratada com os medicamentos
existentes, a AIDS é uma doença crônica que traz consequências danosas para o paciente.
Como dezembro se caracteriza por ser o mês de Luta contra a AIDS, precisamos disseminar
cada vez mais informações sobre suas causas e seus efeitos prejudiciais - lembra a especialista.

A médica aponta, também, como prevenção necessária o não compartilhamento de seringas e
instrumentos cortantes, salientando que a sobrevida ao vírus obtida nas últimas décadas não
pode servir de fator para que as pessoas deixem de se prevenir. Também é importante que as
pessoas busquem as unidades de saúde para fazerem os exames que detectam a doença.

- Quanto mais rápido fizermos o diagnóstico, mais cedo é possível iniciar o tratamento e evitar
a mortalidade. É importante salientar que o tratamento aos soropositivos é gratuito no Sistema
Único de Saúde (SUS) e que as pessoas devem começar a se tratar o mais rápido possível, a
fim de conviver com o vírus da melhor maneira possível - enfatiza Anelise Alves.

Os medicamentos antirretrovirais que impedem a multiplicação do vírus HIV no organismo e
ajudam a evitar o enfraquecimento do sistema imunológico são fundamentais para aumentar o
tempo e a qualidade de vida de quem tem AIDS. Mas o tempo de sobrevida é indefinido e muda
de pessoa para pessoa.

- Continuo afirmando que a prevenção é o melhor caminho. O tratamento, os medicamentos,
eles estão à disposição da população. Mas é uma ação complexa que necessita de
acompanhamento médico para avaliar como o organismo se adapta ao tratamento, seus efeitos
colaterais e as possíveis dificuldades em acatar as recomendações médicas, pois nem sempre é
fácil seguir em frente nessa hora. Então, não custa nada se proteger - finaliza a associada da
AMRIGS.

A AMRIGS está engajada no mês de Luta contra a AIDS, dando continuidade ao projeto "Saúde
Preventiva: Pratique essa Ideia!", que busca orientar a população sobre a necessidade de se
prevenir e de buscar orientações contra uma série de enfermidades. A ação está apoiada na
educação e na prevenção, com o objetivo de promover o conhecimento sobre a medicina
preventiva e levá-lo à sociedade gaúcha.
...






Edicão n° 205 de JULHO 2020
11/07/2020 - Com nove novas regiões em alto risco, RS chega a 15 bandeiras vermelhas no mapa preliminar da 10ª rodada
11/07/2020 - Prefeitura de Porto Alegre segue em alerta para atender atingidos pela cheia
11/07/2020 - Prefeito Marchezan e Primeira Dama visitam moradores da Ilha dos Marinheiros
11/07/2020 - Hospital Moinhos de Vento lança campanha para ajudar famílias atingidas pela enchente
11/07/2020 - Distribuição de máscaras e mobilização para retomada do funcionamento do comércio em Sapiranga
11/07/2020 - É falsa a notícia envolvendo mudança nos processos seletivos de Residência Médica
11/07/2020 - Medo da COVID-19 provoca queda em diagnósticos de câncer e pode gerar onda de mortes devido à demora no tratamento
08/07/2020 - Rio Grande do Sul recebe 218 mil máscaras e cinco toneladas de produtos de limpeza e higiene
08/07/2020 - Secretaria da Saúde recebe 3,5 mil inscrições de voluntários para reforço no atendimento à Covid-19
08/07/2020 - Secretaria da Saúde apresenta Projeto Testar RS para municípios
06/07/2020 - Incerteza elevada e queda na renda freiam o consumo das famílias, aponta pesquisa da Fecomércio-RS
06/07/2020 - Posso passar álcool gel no rosto?
06/07/2020 - No cenário atual, saiba quais são as competências mais buscadas pelas empresas na hora de contratar
06/07/2020 - Governo recebe 37 recursos na nona rodada do Distanciamento Controlado
04/07/2020 - Tintas em Arroio dos Ratos
04/07/2020 - BSA Pescados
04/07/2020 - Restaurante D'FAZENDA
04/07/2020 - Faculdade Moinhos promove debate sobre farmácia hospitalar em tempos de COVID-19
03/07/2020 - Mecânica e Retífica de Motores
02/07/2020 - Serviços de Contabilidade
01/07/2020 - Farmácia do Noel
01/07/2020 - Fisioterapia no Parque Eldorado
01/07/2020 - Barbearia Roque
01/07/2020 - Madeira Tratada em Arroio dos Ratos
01/07/2020 - Quer vender mais?
01/07/2020 - Centro de enfrentamento ao coronavirus iniciou atendimentos em Butiá
01/07/2020 - Nota Oficial: Supermercado Paulinho
01/07/2020 - Polícia Rodoviária Federal prende traficante com crack na Barra do Ribeiro
01/07/2020 - Temporal provoca danos estruturais em culturas e criações
01/07/2020 - Preço do teste Covid-19 na rede privada pode ser consultado no aplicativo Menor Preço
01/07/2020 - Rio Grande do Sul atinge meta da Campanha de Vacinação Contra a Gripe
01/07/2020 - Estado agiliza ações para liberar rodovias atingidas por temporal
01/07/2020 - Estado tem um infectado a cada 214 habitantes, aponta quinta etapa de pesquisa de prevalência de Covid-19
01/07/2020 - Prefeitos relatam dificuldade para conseguir medicamentos
01/07/2020 - Inscrição para Bolsa Juventude Rural é prorrogada até 24 de julho
01/07/2020 - RS Seguro amplia de 18 para 23 os municípios priorizados no programa
01/07/2020 - Justiça nega liminar que pedia anulação de processo seletivo para Agentes de Saúde
01/07/2020 - Defesa Civil de Butiá atende chamados após fortes chuvas e rajadas de vento
01/07/2020 - Atualização Boletim Covid-19
01/07/2020 - Vacina da Gripe
30/06/2020 - Centro Administrativo do Rio Grande do Sul recebe iluminação arco-íris no dia do Orgulho LGBT
10/06/2020 - Nota Oficial: Supermercado Paulinho
10/06/2020 - Corsan investe R$ 91,5 milhões no esgotamento sanitário de Guaíba
03/09/2019 - Scaranto Autopeças - A sua loja de peças em Guaíba



Edição n° 205 - JULHO 2020

Selecionar Edição
  • Edição n° 205
  • Edição n° 204
  • Edição n° 203







  • Av. Roque J. O. Giacomelli, nº 542, Pq. Eldorado - Eldorado do Sul - Fone (51) 3481 1821